Seja bem-vindo. Hoje é

24 de maio de 2017

Sebastião

Camaçari: grupo de vendas no WhatsApp suspende entregas e caso para na delegacia


A denúncia de um suposto golpe realizado através do WhatsApp foi parar na 18ª Delegacia Territorial (18ªDT/Camaçari), na Região Metropolitana de Salvador (RMS). De acordo com a queixa das vítimas, Olívia Souza, que seria responsável por um grupo de vendas no aplicativo de mensagens, é acusada de anunciar produtos e não entregar as mercadorias. Duas versões são apontadas como causadoras da suspensão: ameaças e uma aparente gravidez.
 
Ao BNews, uma das clientes do grupo 'Lojas Net Lia', que preferiu não se identificar, contou que as ofertas tentadoras atraíram pessoas da capital e de cidades que integram a RMS. Outro grupo, denominado "Clientes de Tatá", também é citado. As comunidades virtuais teriam sido formadas entre março e abril deste ano.
 
Com preços abaixo do mercado, a "Net Lia" ofertava eletrodomésticos, vestuário infantil, perfumaria e até alimentos. "Tinha TV Smart em LED, de 55", que era vendido por R$ 700, sendo que na loja esse televisor chega a quase R$ 4 mil", contou um cliente sobre uma das ofertas. O valor é comprovado em sites oficiais. Todos os produtos, conforme informado, possuíam notas fiscais "quentes".
 
As imagens dos produtos eram compartilhadas nos grupos e os interessados firmavam o pedido com a vendedora. Os pagamentos eram efetuados através de três contas bancárias (duas na Caixa e um no Itaú), com titulares diferentes.   
 
A suposta vítima afirmou que apesar de desconfiar passou a comprar produtos de valores menores, como cadeiras, ventilador, perfumes e até ovos de páscoa. "No início entregava no prazo, mas depois começou a atrasar. Comecei a desconfiar e outras pessoas passaram a reclamar no grupo", apontou, informando 15 dias de produtos comprados em atraso. A fase final de gestação teria sido alegada por Olívia para justificar os atrasos nas entregas. Porém, todos integrantes dos grupos ouvidos pelo site questionam a veracidade da gravidez.
 
Conforme relatado à reportagem, em alguns casos, clientes apontam prejuízos que chegam a R$ 20 mil. "Um homem investiu R$ 15 mil para revender e teve que pegar empréstimo para pagar aos outros", contou em anonimato o marido de uma das vítimas que também aguarda ressarcimento.
 
Ameaças de morte  
 
Outra vítima, que também preferiu não se identificar, revelou que as entregas também ficaram comprometidas após integrantes do grupo resgatarem matérias com Olívia. A partir de então, tanto a acusada quanto pessoas que lhe ajudavam divulgando produtos passaram receber ameaças, inclusive de morte. "Tudo corria bem até divulgarem a foto dela e links de matérias de quando ela foi presa por estelionato. Surgiu até ameaça de morte contra ela e as meninas que ajudavam", contou, chamando a atenção para a diversidade de clientes: "Tem advogado, policial, comerciante, dona de casa...todo tipo de gente nos grupos". 
 
As ameaças foram confirmadas por uma das mulheres que passou a contribuir com divulgação dos grupos. "Os pedidos aumentaram e ela pediu ajuda pra gente divulgar os produtos em outros dois grupos (Net Lia II e Clientes de Tatá). Aí começaram a postar foto minha no grupo, dizendo que eu era cúmplice, dizendo que iam me matar", declarou assustada, mostrando uma das fotos compartilhadas. Por temor, registrou boletim de ocorrência na 18ªDT, onde foi alegou ao delegado Celso Lima Bezerra ser vítima de calúnia. 
 
Na tarde de segunda-feira (22), a Olívia Souza compareceu acompanhada do advogado à delegacia, onde prestou depoimento à delegada Thais Siqueira. “Ocorreu uma audiência com o advogado da suposta autora, onde ela informou ter tido uma filha há dez dias e esse foi o motivo do atraso das entregas, mas que devolveria o dinheiro e as mercadorias que já estavam em trânsito entregaria. Ficaram de retornar na próxima semana para realizar o procedimento”, contou Thais Siqueira ao BNews. Ela não soube precisar a quantidade de pessoas lesadas.
 
Vagas de emprego 
 
De acordo com informações da Polícia Civil, Olívia foi presa no ano passado, em Vila de Abrantes, acusada de oferecer falsas vagas de emprego na Petrobras. Segundo a denúncia, R$ 10 eram cobrados por cadastro. À época, 600 fichas de inscrição foram encontradas no escritório da acusada. Na ocasião, também pesou contra ela a acusação de vender produtos e não entregar.
 
A reportagem do BNews tentou contato com a acusada, mas o telefone estava desligado. “Na delegacia ela disse que ia pagar tudo, agora vamos ver como isso será feito”,  disse desconfiada outra cliente.  Os clientes afirmam que o total da dívida da vendedora virtual ainda não foi mensurado. 
Leia Mais
Sebastião

Morre PM baleado em assalto na cidade de Santo Antônio de Jesus

Morreu na noite desta terça-feira (23), o policial militar baleado após reagir a um assalto em Santo Antonio de Jesus, no Recôncavo baiano. De acordo com o blog do Valente, Adelson Oliveira da Silva não estava de serviço no momento do crime e chegou a ser socorrido para a emergência do hospital regional, onde foi submetido a uma cirurgia.

O PM foi baleado no peito. Até a manhã desta quarta-feira (24), ninguém foi preso.
Leia Mais
Sebastião

Ex-deputado Sandro Mabel é o quarto assessor de Temer a cair


O ex-deputado federal Sandro Mabel é o quarto assessor do presidente Michel Temer a deixar o governo em meio à crise política enfrentada pelo Palácio do Planalto. Mabel entregou sua carta de demissão ao presidente na noite desta terça-feira (23), conforme publicação da jornalista Andreia Sadi em seu blog no portal G1.




Sandro Mabel era um dos assessores que despachavam do terceiro andar do Palácio do Planalto e ajudavam o governo na interlocução com o Congresso Nacional e empresários. Fontes do governo afirmam que o ex-parlamentar era um dos interlocutores de Eduardo Cunha junto ao núcleo governista, principalmente durante o processo de cassação do ex-presidente da Câmara. Mas ele nega: "Nunca tive essa missão. Até porque o Eduardo Cunha tinha acesso a todos do Palácio, muito mais do que eu. Portanto, a informação não é verdadeira", rebateu.

Mabel integra a lista de assessores que caíram nos últimos dias. Além dele, deixaram o Planalto: José Yunes, Rocha Loures, Tadeu Fillipelli.
Leia Mais
Sebastião

Base aliada de Temer já prepara um plano para a sucessão do presidente


Liderados pelo PSDB, partidos aliados ao PMDB na sustentação do governo de Michel Temer consideram que o presidente perdeu as condições de ficar no cargo, e já fizeram chegar a ele essa avaliação de forma reservada.

Pelo roteiro elaborado até aqui, sujeito a revisões dada a imponderabilidade da crise, como o peemedebista resiste em renunciar na esteira da delação da JBS na Operação Lava Jato, a solução será contar com a cassação da chapa eleita em 2014 pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Até aqui, havia a expectativa de que o TSE "mataria no peito" e livraria Temer de punição, apesar das provas reunidas no processo que será julgado no próximo dia 6.

Agora, o consenso é de que a cassação resolveria o impasse institucional e livraria o presidente da "confissão de culpa", como ele chama a hipótese de renúncia. Como bônus, Temer sempre poderá culpar Dilma pelas irregularidades na campanha.

O presidente foi gravado pelo empresário Joesley Batista, que narrou crime de obstrução de Justiça, em um encontro secreto no Palácio do Jaburu, em março.

Além disso, segundo Batista Temer indicou o deputado agora afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para receber propina. Por fim, na delação Temer é acusado de pedir R$ 15 milhões em caixa dois para a JBS, e de ter ficado com R$ 1 milhão para si.

Temer nega tudo. Com a desistência em pedir que o Supremo Tribunal Federal suspendesse o inquérito do caso contra si, o presidente indicou a aliados que tentaria defender seu mandato estimulando uma agenda econômica no Congresso.

O problema é que ninguém acredita que isso seja viável, como a dificuldade na mera leitura do texto da reforma trabalhista no Senado nesta terça (23) provou.

Ainda que considere Temer capaz de transformar o Planalto num "bunker da resistência", o que importa, nas palavras de um líder tucano, é "o próximo passo".

O PSDB, maior aliado do governo Temer, chegou a quase desembarcar do governo estouro da crise. Tem buscado esticar ao máximo a permanência porque conta com o PMDB na montagem de uma nova gestão.

O principal grupo tucano em favor do desembarque imediato é o da Câmara, com quem o presidente interino da sigla, senador Tasso Jereissati (CE), deverá ter encontro para acalmar os ânimos nesta quarta (24).

Os partidos trabalham com o cenário constitucional, ou seja, de uma eleição indireta 30 dias depois da saída de Temer. A eleição direta, que dependeria de alguma leitura heteredoxa do TSE ou de até quatro meses de tramitação de emenda constitucional, desagrada à atual situação.

Primeiro, porque o país talvez fosse jogado numa barafunda legal, uma vez que pela lei o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), só poderia ficar um mês como presidente interino.

Segundo, porque aumentaria o cacife eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em um primeiro turno –corrida que ele lidera em todos os cenários, segundo o Datafolha, embora tenha contra si alta rejeição.

Nas conversas do grupo aliado, a bolsa de apostas tem se reduzido a dois nomes para apresentar ao Congresso em uma eleição indireta: o do ex-ministro Nelson Jobim (PMDB-RS) e o de Tasso.

Apesar de o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e outras lideranças terem ventilado a possibilidade de convocar uma Assembleia Constituinte com a eleição de 2018, os partidos aliados ao Planalto por ora rejeitam a ideia. Seria "uma confusão", nas palavras de um membro do PSD.

A preferência é por acelerar a votação da reforma política que já está no Senado, prevendo cláusula de barreira e outras medidas saneadoras do quadro partidário.

E tentar manter a agenda econômica de Temer. Para tanto, a presença da equipe de Henrique Meirelles (Fazenda), ele mesmo um presidenciável especulado, é considerada essencial.

O problema é tentar fazer avançar medidas impopulares, como reformar a Previdência, em um ambiente tão convulsionado. Em favor da ideia, a ausência de resistência nas ruas fora do campo da esquerda militante.
Leia Mais
Sebastião

Kanário que canta alto também pode voar



Fontes ligadas ao site Bocão News, afirmaram que correliginários do PHS (Partido Humanista da Solidariedade) circularam na noite desta terça-feira em Grupos de WhatsApp e nos corredores da Câmara Municipal, a possível expulsão do vereador Igor Kannário da legenda.

O parlamentar vem ocupando espaços de destaque na mídia local, sempre da pior maneira, a maioria das vezes passando por cima de algumas normas do estatuto e regimento interno do partido.

O Kanário já mostrou que sabe cantar alto, mas sem as suas asas será que o Kanário sabe voar? Vale lembrar que o mandato é do partido .....
Leia Mais
Sebastião

Cavalo não suporta peso de carga e cai ao puxar carroça no interior da Bahia


                               Foto: Blog do Braga.

A imagem de um cavalo que não aguenta mais o esforço a que é submetido e caiu enquanto puxava uma carroça carregada de madeira (lenha) no interior da Bahia, circulou pelas redes sociais e causou revolta nos internautas. O fato aconteceu na tarde do último domingo dia 21, no cruzamento das Avenidas JK/Salvador, em Luis Eduardo Magalhães, na região oeste da Bahia. Transeuntes ajudaram a levantar o animal, segundo informações do Blog do Braga.


Caso você presencie maus-tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos – como abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, etc. –, vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente. A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.
Leia Mais
Sebastião

7 dicas para fazer um jejum que agrada a Deus


Antes de você ler o estudo, responda a uma pergunta rápida: Você quer estudar a Bíblia com o presbítero André Sanchez de Gênesis a Apocalipse, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas, de seu computador, tablet ou celular? Clique aqui e saiba como
Você Pergunta: Como devo fazer um jejum que agrada a Deus? Atualmente, devido a minha saúde, pois tenho diabetes, tenho sentido muita dificuldade de jejuar, pois tenho que ter uma alimentação bem controlada senão passo muito mal. Nesse caso a Bíblia me autoriza a fazer jejuns parciais? Pode me dar algumas dicas para que eu jejue e agrade a Deus com meu jejum?
Caro leitor, o jejum é muito citado na Bíblia Sagrada e estava sempre presente na vida de grandes servos de Deus como uma prática espiritual importante no crescimento espiritual e até mesmo em momentos de grandes provações como algo que focava a vida da pessoa na dependência de Deus em socorrê-la naquela situação. Quero trazer sete dicas para que você faça um jejum bíblico, que agrade a Deus e que não prejudique a sua saúde.

Como fazer um jejum que agrada a Deus?

(1) Não use o jejum como uma moeda de troca

Em nossos tempos, infelizmente, muitas práticas espirituais têm sido usadas com o único objetivo de tentar “forçar” Deus a realizar determinada coisa em favor das pessoas. Esse tipo de prática é questionável. Na Bíblia, quando as pessoas buscavam alguma bênção através do jejum, nunca era com uma postura de trocar o jejum por uma bênção, mas sempre numa atitude de humildade e dependência de Deus, sabendo que Ele é o soberano sobre tudo e todos. Veja o exemplo do jejum realizado após a pregação de Jonas à cidade de Nínive: “Os ninivitas creram em Deus, e proclamaram um jejum, e vestiram-se de panos de saco, desde o maior até o menor (…) Quem sabe se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos?” (Jonas 3:5, 9). O jejum bíblico é aquele que busca a vontade de Deus antes da nossa. Nunca é uma moeda de troca, até porque Deus não pode ser forçado a nada.

(2) Faça o jejum mais comum citado na Bíblia

O jejum mais citado na Bíblia é o jejum total de alimentos (2 Samuel 12:16; 1 Samuel 20:34). Sabemos que o alimento é a necessidade mais básica que temos, logo, é uma das coisas mais difíceis de ficarmos sem. Quando fazemos esse jejum mostramos a nós mesmos e ao Senhor que estamos dispostos a dizer não à nossa carne em prol do nosso crescimento espiritual. Se tiver possibilidade, faça esse jejum. Mas é importante que você se atenha a sua saúde. Você mencionou em sua pergunta que tem diabetes. Ficar sem alimento por longos períodos pode representar um risco à sua saúde. Converse com seu médico sobre essa prática e peça orientações.

(3) Faça jejuns parciais e não somente de alimentos

Por “N” problemas, às vezes, teremos dificuldades consideráveis para fazer jejuns totais de alimentos por tempos mais longos. Por exemplo, alguém que tem um trabalho pesado, estafante, que exige muito esforço físico, terá problemas sérios se jejuar totalmente de alimentos. Ou mesmo pessoas que tenham a saúde frágil por algum motivo. É nesses casos que entra o jejum parcial de alimentos. Temos na Bíblia algumas ocasiões em que o jejum parcial foi usado. Por exemplo, Daniel e seus amigos decidiram jejuar das finas iguarias do palácio do rei e comer apenas legumes por um longo período de tempo (Daniel 1:8). O mesmo Daniel também fez outros jejuns parciais (que não envolviam alimentos), como em Daniel 10:2, onde vemos relatado que ele jejuou de comidas gostosas, carne e vinho e também não passou qualquer tipo de perfume. Outro caso interessante é quando Paulo orienta que os casais possam ficar sem sexo (numa espécie de jejum) para se dedicarem à oração (1 Coríntios 7:5). Assim, jejuns parciais, não só de alimentos, também são aceitos por Deus na Bíblia.

Leia Mais
Sebastião

Polícia Civil localiza e apreende carro que invadiu clínica no centro de Ipiaú


Carro invadiu clínica na madrugada do dia 13 de maio (Foto: Giro Ipiaú)

A Polícia Civil apreendeu nessa terça-feira (23) o carro que invadiu na madrugada do último dia 13 de maio a Clínica São Francisco (ver matéria), localizada na Praça Celestina Bittencourt, centro de Ipiaú. Com o impacto, o portão de ferro, uma porta de vidro e outros equipamentos foram destruídos. O motorista fugiu em seguida. Segundo informou ao GIRO, o delegado Ivan Lessa, o veículo foi localizado numa garagem através de uma denúncia.
Carro foi localizado dentro de uma garagem no Japomerim (Foto: Giro Ipiaú)
O carro modelo gol, de cor prata, placa final 6937, licenciando em Ipiaú, foi localizado pelos investigadores no distrito do Japumerim, município de Itagibá. Conforme informou a Polícia Civil, Julivan Silva Matos confessou que estava conduzindo o carro e acabou perdendo o controle da direção e colidindo no portão da clínica. Populares informaram que dentro do carro, no momento do acidente, havia um casal. Ninguém ficou ferido. O veículo permanece apreendido no pátio do Complexo Policial de Ipiaú. O motorista irá responder pelo crime de dano a propriedade particular, segundo informou o delegado ao GIRO.
Leia Mais
Sebastião

Ipiaú: Homem é baleado, se esconde e pede socorro meia hora depois


Nego Bleide foi socorrido pelo Samu (Foto: Giro Ipiaú)

Um homem foi baleado na noite dessa terça-feira (23) em Ipiaú. De acordo com informações de populares, a vítima foi alvejada por tiros disparados por um homem não identificado. Mesmo ferido, Adriano Bispo dos Santos, de 41 anos, apelidado de “Nego Bleide”, conseguiu fugir do atirador e se esconder em um imóvel. O atentado foi registrado por volta das 21h20 no bairro Alto da Carolina. Cerca de trinta minutos depois, ele foi encontrado por populares que acionaram a Polícia Militar e o Samu. Segundo informou um policial ao GIRO, a vítima foi atingida por três tiros (um de raspão na testa, um no ombro e outro no braço). Adriano foi socorrido para o Hospital Geral de Ipiaú, de onde deve ser transferido para o Prado Valadares, em Jequié. Não há informações sobre o estado de saúde dele. “Nego Bleide”, segundo informaram moradores do Alto da Carolina, é usuário de drogas. Ao ser atendido, ainda consciente, Adriano informou à PM que o criminoso se aproximou dele e depois disparou os tiros. A polícia realiza buscas pelo suspeito. (Giro Ipiaú)
Leia Mais
Sebastião

Policial Militar acusada por Igor Kannário dá versão para o que ocorreu em Feira de Santana


A policial militar Tainá Gomes, 28 anos, acusada pelo cantor Igor Kannário de cometer agressões a foliões que estavam na micareta de Feira de Santana no último domingo, divulgou uma carta nesta terça-feira(23), explicando o episódio em que o artista, que também é vereador e cantava sobre um trio elétrico, além da acusação, fez desafios à PM e a seguir disse que foi xingado. No momento em que tudo ocorreu, Igor estava cantando sobre um trio elétrico e a policial militar estava no meio da multidão, fazendo parte de uma patrulha.

Lotada em uma Companhia da PM no Recôncavo Baiano, ela diz na carta que é estudante de direito e que, ao longo dos anos em que atua como policial, vem lutando para garantir a segurança de todos. Em relação ao episódio em que é acusada de ter agredido foliões, ela usa alguns termos em latim para explicar que se encontrava em patrulha ao lado do trio do cantor e vereador Igor Kanário, quando “ocorreu um tumulto, onde foi necessário intervir em uma rixa entre pessoas, uma desordem da qual foi necessária a utilização da força para proteger aqueles que ali estavam apenas com animus jocandir (intenção de brincar) daqueles que tinham em seu ímpeto o animus Iaedendi(intenção de ferir) ,garantindo a volta de muitos pais e mães de famílias aos seus lares”.

Sobre a frase que teria proferido ao ter a sua ação questionada por Kannário, a PM diz que o cantor “vai ter que provar”. Em um trecho da carta, ela escreveu: “Fiquei barbarizada com discurso dele, pois o que ele disse que falei não faz parte do meu vocabulário, me senti humilhada como policial, como Cristã e como Mulher”.

Ainda na carta, a policial diz que está tomando providências judiciais sobre o caso. Veja, na íntegra, a carta que ela publicou:

“Me chamo Tainá Gomes, tenho 28 anos, estudante de direito e policial militar do Estado da Bahia, mulher e guerreira que jurou garantir a segurança de todos, sem distinção de cor, credo, raça ou procedência social, destaco que mesmo com o custo da própria vida em uma sociedade cada dia mais violenta onde a imprensa noticia quase diuturnamente a morte de policiais militares. Uma escolha que não me trás nenhuma desonra , a pátria amada verá que uma filha sua não foge a luta.

No domingo dia 21/05/2017 , percorri cerca de 120 quilômetros para trabalhar na Cidade de Feira de Santana, especificamente na Micareta de Feira , tudo ocorria conforme esperado, sendo utilizado todas a técnicas por mim apreendidas para permitir que a festa ocorresse em paz, dirimindo com a utilização da força necessária as desordens provenientes daqueles descompromissados com a corrente do bem e ordem pública.

Em um certo momento , onde me encontrava em patrulha ao lado do trio do cantor e vereador Igor Kanário ocorreu um tumulto, onde foi necessário intervir em uma rixa ( um estado e hostilidade entre pessoas ), uma desordem da qual foi necessária a utilização da força para proteger aqueles que ali estavam apenas com animus jocandir ( intenção de brincar ) daqueles que tinham em seu ímpeto o animus Iaedendi ( intenção de ferir ) ,garantindo a volta de muitos pais e mães de famílias aos seus lares.

Neste momento o Vereador , Igor Kanário, de cima de seu trio fez sinal de negação com a cabeça e repreendeu a minha patrulha, momento que me antecipei a ele informando que estávamos fazendo o nosso trabalho e solicitando respeito. Apesar da minha voz sair inaudível por conta do barulho do trio elétrico, o mesmo então iniciou seu discurso, uma verdadeira depredação pública , questionando quem era eu, que era apenas uma soldado da policia militar, que em nada mandava, que nem oficialato possuía, fazendo gestos obscenos e incitando toda a população que o seguia contra mim, que me sentir naquele momento impotente.

Fiquei barbarizada com discurso dele, pois o que ele disse que falei ( que vai ter que provar ) não faz parte do meu vocabulário, me sentir humilhada como policial, como Cristã e como Mulher, que venci preconceitos para chegar até onde me encontro. Ingressei na carreira Policial Militar não foi para ocupar um cargo público e sim por idealismo, continuarei servindo com honra e com garbo a população baiana, nós mulheres somos o que nós queremos, temos competência para isto, jamais esquecerei aquela situação vexatória na qual fui violentada moralmente sem direito de defesa e contraditório, mais grave as palavras afrontaram toda corporação.

Sempre pedi tanto a Deus e todos as vezes que visto essa farda agradeço a Ele pela oportunidade de fazer aquilo que gosto, participei de um certame bastante concorrido, não foi fácil , esperava apenas respeito, saliento que nunca imaginei sofrer tamanho assédio moral em pleno exercício da função (de serviço). Toda vez que for preciso o uso progressivo da força para manter a minha integridade e a ordem pública eu o farei, sou profissional de segurança pública, técnica, fui instruída da melhor forma por aqueles e aquelas que acreditam nesta corrente do bem.

No dia seguinte ao saber do ocorrido vários amigos e colegas entraram em contato comigo para saber o que realmente aconteceu afirmando que não conseguiam me imaginar falando o que ele afirmou que eu disse. Quem acusa tem ônus de provar, minhas atitudes eu respondo, de cabeça erguida e sei bem de minha boa educação. Para completar a assessoria do cantor postou uma nota de “esclarecimento” me imputando mais uma acusação: de fazer gesto obscenos pra ele.

Talvez Vereador, se o Srº tivesse frequentado palestras instrutivas sobre legislação, conduta e ética, que são ministradas para todos o que assumem tal posição, no início de seus mandatos, saberia que não possui imunidade parlamentar , seus ‘‘benefícios’’ se limitam somente ao âmbito interno.

É nesta ordem que escrevo lamentando a postura deste Parlamentar e pedindo providências para que posturas como estas não seja encorajada, peço atenção ao Ministério Público este que tem salvaguardado nossa nação.

As providências serão tomadas e todos aqueles que tentarem intervir na contra mão da lei serão em igual grau expostos.

SOLDADA PM T. GOMES”

Leia Mais

23 de maio de 2017

Sebastião

SPRAY DE BRILHO CASEIRO com YAMASTEROL


A dica de hoje é um spray de brilho com Yasmasterol, que você vai fazer uma misturinha em casa mesmo e deixar os seus cabelos lindos.

Este spray de brilho com yamasterol também pode ser usado na praia ou piscina para proteger os cabelos do ressecamento.

Este creme capilar, está a vários anos no mercado e quem usa, não troca por nada. Por ele é um produtinho para o cabelo bom e barato e faz um resultado incrível nos fios.
Eu já ensinei aqui, como fazer o cronograma capilar com yamasterol, que muitas meninas amaram e hoje venho com mais uma dica usando este creme multifuncional, que é o queridinho de muitas mulheres.

Também ensinei uma receita de spray de brilho caseiro aqui no blog com outros ingredientes, que são ótimos para o cabelos.
E agora quero te ensinar mais uma receita poderosa o spray de brilho com yamasterol. Venha conferir esta dica comigo...

                                     
Leia Mais
Sebastião

F. de Santana: Família procura adolescente de 14 anos desaparecida desde sábado


Uma adolescente de 14 anos está desaparecida desde o último sábado (20/5) e os familiares buscam ajuda para localizá-la. Amanda Macêdo saiu de casa no bairro do Feira X para brincar na Micareta de Feira de Santana, e não retornou. A mãe informou que a adolescente saiu sozinha de casa para encontrar uma amiga no circuito da festa, e segundo a amiga da jovem sumiu de sua vista. A mãe está desesperada com desaparecimento da filha e fez um apelo para que as pessoas entrem em contato com ela se souberem de alguma informação sobre Amanda Macêdo ligar para (75) 9 8874-3099 ou para a polícia através do 190. (Aratu)
Leia Mais