Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Suspeito de participação na morte de policial federal é morto em confronto em Salvador | Reconvale Noticias




Um homem morreu, na manhã desta quarta-feira (29), durante uma operação realizada por policiais federais, militares e civis contra membros da facção criminosa "Bonde do Maluco", conhecida como "BDM", que participaram diretamente do homicídio do agente federal, Lucas Caribé Monteiro de Almeida, de 42 anos.
A operação acontece em Salvador e região metropolitana. O grupo também é suspeito de praticar diversos crimes na Bahia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, o homem foi identificado como Pablio Henrique Barbosa Almeida, de 25 anos, conhecido como "Emílio Gaviria", apelido dado em referência ao traficante colombiano Pablo Escobar.
Intitulado como "puxador de bondes" de uma facção, o homem foi encontrado em um condomínio na localidade de Abrantes, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.
Com passagens por porte ilegal de arma de fogo e denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) por tráfico de drogas e associação criminosa. Segundo a SSP-BA, o suspeito, que nasceu em Aracaju, ostentava fotos com fuzil e submetralhadora nas redes sociais.
Pablio Henrique Barbosa Almeida também é suspeito de comandar grupos para atacar rivais na região de Valéria. Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, o suspeito atirou nas equipes do DHPP e PF e acabou atingido.
O suspeito foi socorrido e levado para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos. Um revólver calibre 38, munições e celulares usados para organizar ataques e na distribuição de armas e drogas foram apreendidos.
Nas investigações, a Polícia Federal descobriu uma conversa em que no dia da morte do policial federal, por volta de 16h, "Emilio Gaviria" disse em diálogo no chat do Instagram que passaria uns dias fora. E, provavelmente, se referindo às forças policiais e revelando integrar o BDM e, ainda, sugerindo ter participado do bonde que confrontou as forças policiais na madrugada do mesmo dia, afirma: "Eles vai sufocar agora" (sic).
Segundo a Polícia Federal, a "Operação Temporal" tem o objetivo de cumprir 12 mandados de busca e apreensão e oito de prisão.

Postar um comentário

0 Comentários