Brumado: Investigação de tráfico dentro das escolas pode ter originado boatos de massacre, diz PM | Reconvale Noticias


Após ameaças de um suposto massacre no Colégio Estadual de Brumado (CEB), equipes da Companhia Independente de Policiamento de Rondas Especiais (Rondesp) Sudoeste passaram a circular no município, bem como reforçaram a segurança na unidade de ensino . A comandante da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Major Leila Silva, também esteve no local discutindo medidas de segurança com a direção. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a Major explicou que, a princípio, as me

nsagens que circularam nas redes sociais e causaram pânico na sociedade são apenas boatos. “Não há nada de concreto. Em razão da grande divulgação desses boatos, tomamos a atitude de providenciar o reforço policial até pra garantir às pessoas que a Polícia Militar continua atenta e firme”, esclareceu. Segundo a comandante, a PM tem investigado, há algum tempo, o tráfico e uso de drogas dentro das dependências da escola. Trata-se de jovens alunos envolvidos na prática delituosa. “Isso é uma demanda de outras escolas também. Não podemos ficar omissos quanto a esse tipo de ação delituosa. Temos realizado rondas constantes. Essa é a única motivação que possa ter originado toda essa situação”, completou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem