Marqueteiro de Freixo diz que chapa Lula-Alckmin simboliza união e vencerá em primeiro turno | Reconvale Noticias




O marqueteiro Renato Pereira, um dos mais talentosos do Brasil, que fará a campanha de Marcelo Freixo, do PSB, ao governo do Rio de Janeiro, em 2022, avalia que a aliança entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador Geraldo Alckmin é a nova "Carta ao Povo Brasileiro" e vencerá a disputa presidencial em primeiro turno. Segundo ele, a aliança dos rivais históricos simboliza "generosidade e união".
"O Alckmin acrescenta ao Lula a capacidade de representar uma causa moderada, generosa e que procura a união. No contexto de desunião que o país vive, quanto mais forte for a representação da união, mais capacidade você tem de vencer. Gestos valem mais que palavra. O Alckmin é a ‘Carta ao Povo Brasileiro’ de 2022", afirmou ele, em entrevista ao jornalista Italo Nogueira, da Folha de S. Paulo. "Se a aliança se efetivar, do ponto de vista eleitoral, ela pode significar uma vitória no primeiro turno. Certamente significa um fortalecimento da posição do Lula como um candidato mais ao centro já na própria eleição. O Alckmin tem um valor que não é da matemática eleitoral. A pergunta não é quantos votos ele soma ao Lula, mas sim o quanto permite ao Lula dialogar com setores mais amplos do eleitorado brasileiro e ter mais votos. A aliança com um adversário tem um sentido de generosidade, de aproximação entre contrários e união. Isso acontece num contexto em que o atual presidente representa disrupção, uma retórica mais truculenta", pontuou.
Renato Pereira também vê boas chances na eleição do Rio de Janeiro. "Freixo sempre teve uma força eleitoral expressiva e política, relevante. A ida para o PSB buscou maior densidade eleitoral. A marca do Freixo sempre foi a luta contra o crime miliciano", afirmou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem