Ex-motoboy que levou Marquezine no Carnaval muda de vida e sonha com primeiro milhão | Reconvale Noticias



O ano era 2019, quando a imagem de Bruno Araújo viralizou nas redes sociais por exercer seu trabalho, levar do circuito Dodô (Barra/Ondina) para o hotel Fasano a atriz Bruna Marqueizine na garupa de sua moto.
Três anos depois, o baiano vive uma vida completamente diferente da rotina atribulada que levava como motoboy da qual conseguia tirar R$ 2 mil por mês.
Em entrevista ao site Splash, Bruno, que roda pela cidade em uma moto BMW, contou que meses após o encontro com Marquezine, um amigo o incentivou a estudar para se tornar consultor financeiro.
"Trabalhando sem ser como freelancer, eu conseguia tirar entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. Era muito apertado. Quando conseguia trabalhar nos três empregos o mês todo, tirava até R$ 5 mil. Hoje, o mínimo que recebo é R$ 10 mil em um mês fraco de captação. E o máximo não tem limites, pois depende dos contratos que fecho".
Atualmente, o ex-motoboy de 31 anos, fatura em um "mês fraco" R$ 10 mil e sonha e se aposentar aos 40.
"Tenho vários tipos de metas: mensal, semanal e anual. Todo mês foco para captar R$ 1 milhão em carteira de clientes dentro da empresa. A minha meta pessoal é chegar aos 40 anos e já estar aposentado, vivendo dos meus investimentos em aplicações. Eu não vivo só com a renda do meu salário".
Bruno, que garante levar uma vida simples, apesar de todo lucro com seu trabalho, sonha alto além do R$ 1 milhão. Ao site ele afirmou que pensa em fazer uma espécie de documentário sobre a sua vida e que um dia, quem sabe, pode ser o consultor financeiro de Marquezine.
"Sou o seu ex-mototaxista. Agradeço pelo carinho que você teve comigo e digo que posso ser o seu consultor financeiro".

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

AdSense

AdSense