Brumado: Acusado de feminicídio poderá ter pena aumentada, diz Polícia Civil | Reconvale Noticias


Uma mulher vítima de violência doméstica morreu na quarta-feira (03), no Hospital Professor Magalhães Neto, em Brumado . Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o delegado Paulo Henrique relatou que o ex-companheiro de Iraci do Carmo Santos Bispo a agrediu com socos e pontapés no dia 22 de setembro. Em estado grave, a mulher faleceu em decorrência dos múltiplos ferimentos causados pelo espancamento. “A Polícia Civil terminou a investigação e terminou o inquérito no dia 30 de setembro, remetendo o caso ao Poder Judiciário”, disse. Agora, segundo o delegado, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) emitirá um laudo para encaminhamento à polícia. Com o feminicídio consumado, Henrique informou que a pena do agressor deverá ser aumentada.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem