Disputa entre facções deixa ao menos 116 mortos em prisão do Equador | Reconvale Noticias


Um confronto entre facções rivais em uma prisão na cidade de Guayaquil, no Equador, deixou pelo menos 116 mortos e 80 feridos. Todos eram detentos.

Os conflitos e óbitos ocorreram a partir da noite de terça-feira (28/9), mas só nesta quarta o presidente equatoriano Guillermo Lasso confirmou o número de mortos.

Lasso declarou "estado de exceção nacional em todo o sistema prisional" após uma reunião com o comitê de segurança de Guayaquil.
Continua depois da publicidade

"É lamentável que as prisões estejam se tornando território de disputas de poder por facções criminosas. O Estado equatoriano vai agir, devemos agir, e a primeira decisão que tomamos é declarar o estado de exceção do sistema penitenciário em todo o território equatoriano ", disse o presidente em entrevista coletiva.

Conflitos em penitenciária na cidade de Guayaquil começaram na noite de terça-feira (28/9); há pelo menos 116 mortos e 80 feridos
O número de mortos no Equador é superior ao do maior massacre já registrado em uma prisão no Brasil — no Carandiru, em São Paulo (SP), quando 111 pessoas morreram em 1992.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem