últimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Em 1993, Bolsonaro denunciou fraude em voto impresso e defendeu apuração eletrônica | Reconvale Noticias





Matéria do JB de 21 de agosto de 1993 com a fala de Bolsonaro sobre o voto impresso | Foto: Reprodução/Biblioteca Nacional
O Jornal do Brasil de 21 de agosto de 1993 noticia que o então deputado federal de primeiro mandato Jair Bolsonaro (PPR-RJ) participou de um evento no Clube Militar, no Rio de Janeiro, para definir estratégias para a “salvação do Brasil”. Na ocasião, o capitão da reserva defendeu a informatização da apuração dos votos. “Esse Congresso está mais do que podre. Estamos votando uma lei eleitoral que não muda nada. Não querem informatizar as apurações pelo TRE. Sabe o que vai acontecer? Os militares terão 30 mil votos e só serão computados 3 mil”.
A notícia foi divulgada mais cedo no site da revista Época e confirmada em uma busca na hemeroteca digital da Biblioteca Nacional, que conta com as edições digitalizadas do Jornal do Brasil.
A urna eletrônica foi utilizada pela primeira vez no Brasil nas eleições de 1994, em caráter de teste. Em 1996, um terço do eleitorado já votou em urnas eletrônicas, que foram utilizadas em 57 cidades com mais de 200 mil habitantes. Em 1998, mais de 50% dos eleitores já votaram por meio do equipamento eletrônico.

A universalização do voto eletrônico ocorreu dois anos mais tarde, na eleição de 2000.Reprodução de página do JB de 21 de agosto de 1993 | Foto: Reprodução/Biblioteca Nacional

Postar um comentário

0 Comentários