Lei das ‘fake news’ vai transformar todos em suspeitos, avalia diretor do WhatsApp

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Lei das ‘fake news’ vai transformar todos em suspeitos, avalia diretor do WhatsApp

“Caso aprovada, a medida vai pôr uma tornozeleira eletrônica nos 120 milhões de usuários do aplicativo no Brasil”, observou Paulo Bello

Lei das fake news é tornozeleira eletrônica, garante diretor do WhatsApp | Foto: DIVULGAÇÃO/WHATSAPP

O diretor de Políticas Públicas do WhatsApp para a América Latina, Paulo Bello, é crítico da lei das fake news que está em discussão no Senado. De acordo com ele, caso a medida seja aprovada, 120 milhões de brasileiros vão ser monitorados por “tornozeleira eletrônica”.

Um dos pontos do projeto criticado por Bello é a rastreabilidade das mensagens. Em síntese, o WhatsApp vai ser obrigado a guardar as informações sobre todos os reencaminhamentos de cada mensagem. Assim sendo, para que se possa identificar a origem de conteúdos potencialmente ilegais.
“É como se pusessem uma tornozeleira eletrônica em todos os usuários de WhatsApp no Brasil — poderão monitorar todos os movimentos das pessoas, saber com quem todo mundo fala por mensagem”, afirmou Bello ao jornal Folha de S.Paulo.

Segundo o diretor do aplicativo, embora a medida não implique quebrar a criptografia, porque não revela o conteúdo das mensagens, ela mostra com quem todo mundo fala. Portanto, viola a privacidade das pessoas. Vale lembrar que, apoiam essa lei, parlamentares de esquerda.
                                              Fonte : revistaoeste.com

Postar um comentário

0 Comentários