Ultimas Noticias

Se Haddad ganhar, ele assina o indulto de Lula e o nomeia chefe da Casa Civil, diz Bolsonaro


O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, transmitiu um ao vivo por meio do seu perfil no Facebook, na tarde deste domingo (16), diretamente da unidade de cuidados semi-intensivos do Hospital Israelita Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo.

Na oportunidade, ele analisou um possível cenário caso o candidato do PT, Fernando Hadadd, que substitui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba e impedido pela Justiça Eleitoral de concorrer na eleição.

“Ele [Haddad] assina o indulto de Lula e o nomeia chefe da Casa Civil. Nomeia também Franklin Martins como ministro das Comunicações”, disse bastante debilitado.


O postulante também disse que o Brasil não pode mais “ficar flertando” com a Venezuela. “Aquele povo é vítima do regime apoiado pelo PT, PCdoB e Psol”.

O presidenciável disse ainda que espera que estar em casa em uma semana. “Quem me mantem vivo é Deus e a família maravilhosa que tenho”, disse citando os nomes dos familiares em seguida.

Ainda sobre as eleições, ele disse: “se essa for a vontade de Deus, que nós possamos juntos levar o Brasil para o porto seguro”.

Bolsonaro está internado no Einstein desde 7 de setembro, um dia após ele sofrer ataque com facada no abdômen durante ato de campanha e passar por cirurgia em Juiz de Fora (MG). A Polícia Federal (PF) deve entregar até o próximo dia 21 o relatório sobre o atentado ao político.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário