Ultimas Noticias

Siamesas unidas pela cabeça passam por cirurgia

As siamesas Maria Ysabelle e Maria Ysadora, de 2 anos, que são unidas pelo topo da cabeça, passam pela terceira cirurgia de separação no Hospital das Clínicas da USP em Ribeirão Preto (SP) neste sábado (3). A operação deve durar oito horas e envolve cerca de 30 profissionais de diferentes áreas.

Estão previstas cinco etapas até a separação total, que deve acontecer em novembro deste ano. A família, que é de Patacas, distrito de Aquiraz (CE), está morando temporariamente no campusda USP, já que não são recomendadas viagens durante o processo de separação.
O procedimento inédito no Brasil está sendo realizado pela equipe comandada pelo professor chefe do Departamento de Neurocirurgia Pediátrica, Hélio Machado, e que conta com o cirurgião norte-americano James Goodrich, referência mundial no assunto.
Goodrich viajou dos Estados Unidos para Ribeirão, onde chegou nesta sexta-feira (3). Também integrante do grupo de especialistas, o neurocirurgião Eduardo Jucá afirma que a terceira operação é uma continuação das outras duas, realizadas em fevereiro e maio desse ano.
“Em cada uma dessas três primeiras etapas, ocorre a separação de veias, artérias e do cérebro. Mas, elas continuam unidas pelo crânio. Depois de veias e o cérebro separados, na quarta etapa, é que haverá a separação real, de corpos”, explica.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário