Ultimas Noticias

Bahia vence o Cerro-URU e abre vantagem por vaga na 3ª fase da Sul-Americana



Embalado pela goleada sobre o maior rival, no BAVI, o Bahia virou a chave e voltou a campo nesta quarta-feira (25) pela Copa Sul-Americana. Diante do Cerro-URU, o Tricolor acordou no segundo tempo e venceu o adversário por 2 a 0, em Pituaçu.

Gilberto e Régis, de pênalti marcaram os gols do triunfo. O atacante, que já caiu nas graças da torcida chegou ao terceiro gol e três jogos pelo clube.

Com o resultado, o time baiano abriu boa vantagem para o jogo de volta. No dia 8 de agosto, no Uruguai, o Esquadrão poderá perder por até um gol de diferença para avançar à terceira fase. Já uma derrota por 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

O JOGO


Bahia e Cerro-URU fizeram um primeiro tempo de poucas emoções. Os primeiros 45 minutos foram marcados por muitas faltas e pouca criatividade de ambas as equipes. 

O principal lance do Tricolor foi aos 18 minutos. Após bola lançada na área, Zé Rafael tentou o dominou e foi derrubado pelo goleiro. O árbitro nada marcou para o desespero do meia.

Mas, o Esquadrão voltou melhor para o segundo tempo e marcou logo aos oito minutos. Após cobrança de escanteio de Régis, Gilberto desviou de cabeça no segundo pau para abrir o placar.

Aos 26 minutos, o time baiano chegou ao segundo. Marco Antônio fez jogada individual pela direita, driblou um marcador e cruzou na área. O zagueiro do Cerro cortou com a mão e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Régis deslocou o goleiro e marcou com categoria.

Seis minutos depois, o Bahia teve a chance de fazer o terceiro em outro pênalti. Zé Rafael recebeu lançamento na área e foi atingido na perna por Izquierdo. O próprio camisa dez foi para a cobrança, mas pegou mal e isolou a bola. 

Bahia 2 x 0 Cerro-URU
Copa Sul-Americana - 2ª fase (Jogo de Ida)

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data e Horário: 25/07/2018, às 21h45
Árbitro: Michael Espinoza (PER). Assistentes: Jesus Sanches (PER) e Coty Carrera (PER)
Cartões amarelos: Nuñes, Leandro Paiva, Torres, Izquierdo, Felipe Klein (CER); Grolli, Zé Rafael, Nilton (BAH)

Gols: Gilberto, Régis (BAH)

Bahia
Anderson; Flávio, Grolli, Lucas Fonseca e Léo (Mena); Edson, Nilton, Régis (Vinicius) e Zé Rafael; Élber (Marco Antônio) e Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Cerro-URU
Yonatan Irrazabal; Nuñes, Izquierdo, Darwin Torres e Zazpe; Leandro Paiva, Tamareo, Felipe Klein e Gonzalo Porras; Franco Lopez (Acuña) e Nicolás González (Ciganda). Técnico: Fernando Correa.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário