Ultimas Noticias

Cientistas pesquisam potencial cura da calvície

Pesquisadores britânicos descobriram uma potencial cura para a calvície usando um remédio originalmente desenvolvido para tratar a osteoporose. Durante testes de laboratório, os cientistas identificaram que a droga teve um efeito forte sobre os folículos pilosos, estimulando-os a crescer. 
A substância contém um componente que tem como alvo uma proteína que atua como freio no crescimento do cabelo e seria uma das responsáveis pela calvície. A pesquisa, da Universidade de Manchester, foi feita com a amostras de couro cabeludo de mais de 40 pacientes que passaram por transplante. Ainda há poucos medicamentos e terapias no mercado para tratar o problema. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Agência Estado

Apenas 13 dos 1.372 casos suspeitos de dengue notificados desde o dia 1º de janeiro em Londrina foi confirmado, segundo o boletim semanal emitido pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira (9). Outras 1.066 suspeitas foram descartadas e 293 estão em fase de análise laboratorial, aguardando o resultado dos exames. 

Para evitar o avanço dos números, a secretaria tem adotado trabalhos de combate às endemias, incluindo a prolferação do mosquito Aedes aegypti – que transmite, além da dengue, os vírus da zika e chikungunya. Entre eles estão palestras em empresas e escolas do município, blitz educativas e participações nos mutirões do "Movimenta Londrina" - o próximo será nesta quinta (10) e sexta (11), na zona leste de Londrina. 

O ponto de encontro do "Movimenta Londrina" será na praça em frente à academia ao ar livre, na Rua Guilherme Negro, no Jardim Kobayashi. Além de falar sobre a dengue, seis agentes municipais vão levar maquetes, panfletos, materiais lúdicos e larvários para conscientizar a população sobre doenças como a Chagas, causada pelo Bicho Barbeiro; os tipos de meningites que o Caramujo Africano pode transmitir; a Leishmaniose trazida pelo mosquito Palha; a esquistossomose transmitida pelo caramujo e as enfermidades oriundas da picada de escorpião.
Durante o dia, eles vão explicar sobre a importância de se manter os quintais limpos, assim como as caixas de água, calhas e tonéis; sem objetos, que podem acumular água, expostos ao tempo -como baldes, latas e pneus- e manter sempre limpo bandejas de ar condicionado, reservatórios de geladeiras, vasos de flores, lonas e piscinas. Também será falado sobre o descarte correto de materiais. 

Os moradores poderão colocar em prática as iniciativas apresentadas pelos agentes de endemias através do descarte de televisores sem uso; computadores estragados; aparelhos de videocasete, DVD, FAX, videogame ou de som danificados; cabos, fios, conectores, teclados, baterias de celular, pilhas, pendrives, modem e outros equipamentos antigos para a ONG E-Lixo, que estará no mutirão. 

Os cidadãos também vão poder conversar com outros profissionais da Unidade Básica de Saúde do Eldorado que estarão no mesmo local para aferir a pressão arterial dos interessados e realizar o teste de glicemia. Os funcionários do Centro Integrado de Doenças Infecciosas (CIDI) foram convidados para aplicarem testes rápidos para a triagem e/ou o diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites B e C. 

Nos dois dias, a comunidade encontrará equipes da Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação; da Sercomtel Iluminação; da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU); da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema), entre outras que também apoiam a iniciativa.

                    Redação Bonde com N.Com

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário