Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Com "hat-trick" de Estupiñán, Bahia goleia o Jequié e garante vaga na final do Campeonato Baiano | Reconvale Noticias




                           Foto: Mauricia da Matta / Bahia Notícias
O Bahia contou o brilho do atacante Estupiñán para carimbar a vaga na final do Campeonato Baiano de 2024. Na tarde deste sábado (16), o Tricolor goleou o Jequié por 4 a 1, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de volta da semifinal. O colombiano fez um hat-trick, marcando três gols, e Rafael Ratão anotou o quarto. Medina descontou para o Jipão.
O Tricolor havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0 e fechou o confronto com o Jipão em 5 a 1 no placar agregado. Agora, o time do técnico Rogério Ceni aguarda a definição do confronto entre Vitória e Barcelona de Ilhéus, que acontece neste domingo (17), às 16h, no Barradão, para conhecer o seu adversário na briga pelo título e também se terá ou não vantagem de jogar o segundo duelo em casa.
A final do Baianão será disputada em jogos de ida e volta, cujas datas foram reservadas para 31 de março e 7 de abril, que deverão ser confirmadas pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). Mas antes de pensar na decisão estadual, o Bahia volta suas atenções para a Copa do Nordeste, onde lidera a tabela do Grupo B com 12 pontos, quatro a mais do que o segundo colocado Fortaleza. Na próxima quarta-feira (20), às 21h30, o Tricolor faz o clássico Ba-Vi contra o Leão, também na Fonte Nova, pela sexta rodada do torneio regional.
O JOGO
Logo no primeiro minuto, a bola foi colocada para lateral, porque o volante Guga sentiu dores musculares. E o técnico Gabardo Júnior é obrigado a sacar o atleta para a entrada de Caetano.
A primeira grande chance do jogo aconteceu aos seis minutos. Biel deu bom passe para Estupiñán, que finalizou por cima da meta defendida por Marcos. Dois minutos depois, Biel recebeu dentro da grande área, driblou o marcado, mas foi travado na hora do chute. Na pressão do Tricolor, Juba recebeu na marca do pênalti, mas furou na hora de completar para o gol.
Aos 11 minutos, outro jogador do Jipão, o zagueiro Jean, sentiu algum problema físico. O goleiro Marcos retardou a cobrança do tiro de meta, mas o atleta se recuperou sem a necessidade de entrar a equipe médica.
O Tricolor teve outra boa chance de abrir o placar aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio de Juba, a bola passou por todo mundo e Ademir dominou, mas finalizou por cima. Dois minutos depois, Caio Roque descolou o cruzamento da esquerda, Estupiñán subiu e cabeceou para fora.
Mas foi aos 19 que o Tricolor teve uma grande oportunidade de mexer no placar. Estupiñán foi lançado e ganhou da marcação. O goleiro Marcos saiu mal e foi driblado pelo colombiano que bateu fraco para o gol vazio e a defesa do Jipão afastou o perigo. Aos 21, Ademir também desperdiçou uma chance clara para marcar. Ele recebeu de Juba e bateu para o gol, mas o arqueiro do time jequieense fez a defesa espalmando para fora. Na sequência, o goleiro caiu no chão e pediu atendimento médico. Os donos da casa perderam outra oportunidade aos 24. Após troca de passes na área adversária, Yago tocou fraco para o gol e Marcos encaixou sem dificuldade.
O Jequié chegou bem no ataque aos 26 minutos. Espeto recebeu bom lançamento pela esquerda e tentou cruzar para o miolo da área, mas a defesa do Tricolor afastou o perigo.
O Bahia conseguiu abrir o placar aos 28 minutos com Gabriel Xavier, acabou sendo anulado. Após cobrança de escanteio de Luciano Juba, Marcos subiu, mas não conseguiu segurar a bola, que sobrou para Gabriel Xavier chutar para o gol vazio e estufar as redes. Mas após revisão no VAR, o árbitro Eziquiel Sousa Costa apontou uma falta no arqueiro jequieense.
O Bahia criou mais uma boa chance aos 35 minutos. Yago foi lançado, dominou dentro a área, escapou da marcação, mas foi pressionado na finalização e mandou para fora. Na tentativa de resposta do Jipão, que escapava no contra-ataque, Caio Alexandre matou o lance com falta e recebeu o cartão amarelo aos 37.
Estupiñán abre o placar para o Bahia
Após desperdiçar muitas chances, o Bahia finalmente abriu o placar aos 40 minutos com Estupiñán. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou com Biel, que descolou belo cruzamento da direita e o centroavante colombiano subiu para cabecear firme e estufar as redes jequieenses. Bahia 1x0 Jequié
Na jogada do gol, Caetano acabou levando a pior na dividida durante a cobrança de escanteio e ficou caído no gramado. Após atendimento médico, a ambulância foi chamada para retirar o atleta de campo.
Segundo tempo
Em desvantagem no placar e sendo eliminado do Baianão, o Jequié voltou dos vestiários com uma modificação. Gabardo Júnior tirou o lateral Espeto Júnior para a entrada do atacante Medina. Enquanto o Bahia manteve a mesma formação da etapa inicial.
Estupiñán amplia para o Tricolor
O Bahia ampliou a vantagem no placar novamente com Estupiñán aos três minutos. Ademir fez a jogada pela direita, cruzou na medida para o colombiano cabecear e marcar o segundo gol na partida. Bahia 2x0 Jequié
Estupiñán faz o terceiro do Esquadrão de Aço
Estupiñán marcou o hat-trick e anotou o terceiro gol do Bahia aos cinco minutos. Nova jogada de Ademir pela direita, que tocou rasteiro. O colombiano girou para cima do marcador e fuzilou Marcos. Bahia 3x0 Jequié
O Tricolor chegou a balançar as redes pela quinta vez no jogo aos 12 minutos com Ademir. Biel bateu cruzado na área e o atacante empurrou para o gol. No entanto, a arbitragem apontou impedimento do atleta e o tento foi anulado.
Ratão faz o quarto do Tricolor
O Bahia chegou ao quarto gol no jogo com Rafael Ratão aos 18 minutos. Yago fez o cruzamento pela direita, o zagueiro fez o corte parcial e o camisa 21 bateu forte para estufar as redes. Bahia 4x0 Jequié
O Bahia ainda teve chance de marcar o quinto gol aos 29 minutos. Thaciano foi lançado por Estupiñán, invadiu a área, tocar para trás, Yago finalizou e a bola bateu no braço do lateral Capa. Porém, a arbitragem invalidou o lance apontando impedimento do meia e a jogada foi revisada pelo VAR. O árbitro foi rever o lance no monitor e não assinalou o pênalti, mas anulou a jogada.
Aos 35 minutos, o artilheiro do dia, Estupiñán sentou no chão e pediu para ser substituído. Everaldo entrou no lugar do colombiano. Enquanto Marcos Victor ficou com a vaga de Caio Roque.
Medina desconta para o Jipão
O Jequié descontou com Medina aos 44 minutos. Escapada em velocidade de Barrozo, que invadiu a área e bateu rasteiro. Adriel espalmou para frente e o camisa 7 empurrou para o fundo das redes. Bahia 4x1 Jequié
O Jipão teve uma grande oportunidade de marcar seu segundo gol na partida após lambança de Adriel aos 49 minutos. O goleiro do Tricolor perdeu a bola no meio-campo e mas Gilberto conseguiu cortar quase em cima da linha.
FICHA TÉCNICA
Bahia 4x1 Jequié
Campeonato Baiano - Semifinal - 2º jogo
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 16/03/2024 (sábado)
Horário: 16h
Transmissão: TVE Bahia (TV aberta e Youtube)
Árbitro: Eziquiel Sousa Costa
Assistentes: Álvaro Rocha de Matos e José Carlos Oliveira dos Santos
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões amarelos: Caio Alexandre (Bahia) / Espeto Júnior, Marcos Vinícius (Jequié)
Gols: Estupiñán, três vezes, Rafael Ratão (Bahia) / Medina (Jequié)
Bahia: Adriel; Gilberto, Gabriel Xavier, David Duarte e Caio Roque (Marcos Victor); Caio Alexandre (Jota), Yago Felipe e Luciano Juba; Ademir (Rafael Ratão), Biel (Thaciano) e Estupiñan (Everaldo). Técnico: Rogério Ceni.
Jequié: Marcos; Elivelton, Jean, Gabriel Neto e Espeto Júnior (Medina); Guga (Caetano) (Marcos Vinícius), Azevedo, Kaynan, João Grilo (Barrozo) e Capa; Alex Gonçalves (Vágner). Técnico: Gabardo Júnior.

Postar um comentário

0 Comentários