Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Advogados de Bolsonaro admitem que ele imprimiu a minuta do golpe | Reconvale Noticias




A defesa de Jair Bolsonaro (PL) admitiu que ele imprimiu a minuta golpista encontrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (8), em sua sala, na sede do Partido Liberal, em Brasília. Segundo informações obtidas pelo Blog da Julia Duailibi, no portal g1, os advogados de Bolsonaro alegam que a impressão do documento se deu por "problemas de visão".

"O ex-presidente não tem o costume de fazer a leitura de textos no próprio telefone celular, certamente em razão das dimensões limitadas da tela e a necessidade hodierna de uso de lentes corretivas, razão porque pediu à sua assessoria a impressão do documento em papel", diz a nota enviada pela defesa.


A minuta em questão foi encontrada pela Polícia Federal dentro da sede do PL, em Brasília, durante a operação contra tentativas de golpe no Brasil, denominada Operação Tempus Veritatis. O texto defendia a decretação de um estado de sítio, além da garantia da lei e da ordem no país, argumentando que essa ação estaria "dentro das quatro linhas da Constituição", expressão frequentemente utilizada por Bolsonaro em atos e discursos públicos durante seu mandato.

"Afinal, diante de todo o exposto, e para assegurar a necessária restauração do Estado Democrático de Direito no Brasil, jogando de forma incondicional dentro das quatro linhas, com base em disposições expressas da Constituição Federal de 1988, declaro o estado de Sítio e, como ato contínuo, decreto operação de garantia da lei e da ordem", dizia o parágrafo final do documento.

Postar um comentário

0 Comentários