Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Moro vai a julgamento que pode cassá-lo na próxima quinta-feira | Reconvale Noticias




O desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), decidiu incuir na pauta da próxima quinta-feira (8) o julgamento das ações movidas pelo PT e pelo PL que podem cassar o mandato do ex-juiz suspeito e hoje senador, Sergio Moro (União Brasil-PR), segundo a revista Veja.

O TRE-PR havia agendado o julgamento para o próximo dia 19 de fevereiro. As ações foram liberadas para julgamento na terça-feira (30). Foram movidas pelo PT e PL e tramitam em conjunto no TRE-PR devido à similaridade de seus aspectos. Caso as acusações sejam confirmadas durante o julgamento, a pena pode resultar na cassação do mandato de Moro.

O desembargador Luciano Carrasco Falavinha Souza, responsável pela liberação das ações para julgamento, instruiu que as mesmas sejam incluídas na pauta "na primeira data possível".

As ações acusam Moro de abuso de poder econômico, político e uso indevido de meios de comunicação em sua campanha ao Senado no ano passado. O Ministério Público já se manifestou favoravelmente à perda do mandato de Moro por abuso de poder econômico, citando gastos de R$ 2,03 milhões na pré-campanha do senador.

A soma de investimentos corresponde a mais de 45% do limite de gastos para a eleição de senador no Paraná. Durante o período oficial da campanha, Moro gastou R$ 4,2 milhões, mais do que o dobro da média de gastos dos dez candidatos ao pleito no estado.

Postar um comentário

0 Comentários