Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Governo ANUNCIOU novo AUXÍLIO para trabalhadores brasileiros; confira





O programa Bolsa Formação (PRONASCI 2) está iniciando o pagamento aos agentes de segurança pública, com o objetivo de promover a qualificação profissional desses profissionais. Ao todo, serão disponibilizadas 100 mil bolsas para os integrantes das carreiras de policiais militares, civis e penais, bombeiros, agentes penitenciários, peritos criminais e trabalhadores das guardas civis municipais, desde que atendam aos critérios de elegibilidade estabelecidos.
Investimento na Formação de Agentes de Segurança Pública
Durante o ano de 2024, o programa Bolsa Formação tem como meta investir R$ 175 milhões na formação desses agentes de segurança pública em todo o país. Cada beneficiário receberá uma bolsa no valor de R$ 900,00 por mês de duração do curso. Com esse investimento, busca-se aprimorar as habilidades e conhecimentos desses profissionais, contribuindo para a melhoria da segurança pública no Brasil.
Pagamento da Bolsa Formação
Os pagamentos da Bolsa Formação serão realizados pela Caixa Econômica Federal. Os créditos serão depositados em uma conta poupança digital na Caixa, que será aberta automaticamente para os beneficiários que ainda não possuírem conta na instituição. A movimentação dessas contas digitais poderá ser feita por meio do Aplicativo Caixa Tem, que permite consultas de saldos e extratos, pagamentos de contas e boletos, transferências e compras pela internet utilizando o Cartão de Débito Virtual.


Além disso, o Aplicativo Caixa Tem também possibilita compras no comércio utilizando QR Code gerado pelo lojista na própria maquininha do estabelecimento. Essa facilidade oferecida aos beneficiários da Bolsa Formação visa proporcionar maior comodidade e acesso aos recursos disponibilizados.



Critérios de Elegibilidade
Para ter direito à Bolsa Formação, os profissionais de segurança pública devem atender aos seguintes critérios:


Receber remuneração mensal bruta de até R$ 15.000,00, excluídos os valores referentes à gratificação natalina e férias;
Atender aos critérios específicos do curso ofertado pelo Projeto Bolsa-Formação;
Não ter sido condenado por infração administrativa grave nos últimos cinco anos;
Não possuir condenação penal nos últimos cinco anos;
Pertencer a uma corporação de ente federado que tenha assinado termo de adesão;
Frequentar, pelo menos uma vez a cada 12 meses, um dos cursos oferecidos pelo Bolsa Formação, respeitando o limite máximo de 3 cursos.



Esses critérios visam garantir que o benefício seja destinado aos profissionais que realmente necessitam e que estão comprometidos com o aprimoramento de suas habilidades no exercício de suas funções.


O Programa PRONASCI
O PRONASCI (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania) foi criado em 2007 e é um programa de gestão do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Seu objetivo é articular ações de segurança pública para a prevenção, controle e repressão da criminalidade, estabelecendo políticas sociais e ações de proteção às vítimas.



O PRONASCI busca promover a integração e o fortalecimento das instituições de segurança pública, assim como a valorização e qualificação dos profissionais que atuam nessa área. O programa estabelece parcerias com entes federados, como estados e municípios, para a implementação de ações conjuntas visando a melhoria da segurança e o bem-estar da população.



Identificação dos Beneficiários e Pagamento
A identificação dos beneficiários do PRONASCI 2 – Bolsa Formação e a geração da folha de pagamentos serão realizadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. A Caixa Econômica Federal será responsável pelo pagamento aos bolsistas, disponibilizando as informações de pagamento no Portal Cidadão.


Para obter mais informações sobre o programa Bolsa Formação e o PRONASCI, acesse o site da Caixa Econômica Federal, onde estão disponíveis detalhes sobre os critérios de elegibilidade, o processo de inscrição e outras informações relevantes.


Lembre-se, a segurança pública é um pilar fundamental para o desenvolvimento e bem-estar da sociedade. Investir na formação e qualificação dos agentes de segurança é um passo importante para aprimorar os serviços oferecidos e garantir a proteção de todos os cidadãos brasileiros.


Fonte: Noticias Concursos

Postar um comentário

0 Comentários