Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Lula chama Bolsonaro de "coisa" e "facínora"


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poupou críticas ao seu antecessor, Jair Bolsonaro, ao lamentar o estrago gerado e a falta de iniciativa pelo último governo.

"Alguém lembra alguma obra que aquela coisa inaugurou?", questionou Lula na Inauguração do Contorno do Mestre Álvaro na BR-101, em Serra, no Espírito Santo.

A plateia respondeu um retumbate "Não!".

Lula também relatou que faz essa pergunta em diversos estados que visita. Ele disse que o governo teve de fazer uma série de compromissos para pagar a "conta" deixada por Bolsonaro, "um cidadão que não merecia nenhum respeito. Ele não inaugurou nenhuma obra aqui, e sim inaugurou o ódio aqui".

O presidente Lula ainda chamou Bolsonaro de "facínora" que "pregou o ódio e mentiu durante 4 anos. Quantas faculdades e escolas técnicas ele inaugurou?", questionou.

Mais uma vez, a plateia respondeu um retumbante "Não!".

Ao finalizar seu discurso, Lula também afirmou que não há ninguém que acredita tanto em Deus quanto ele. "Somente Deus é que poderia fazer um menino de 5 anos de Garanhuns, com sete irmãos, predestinados a morrer de fome, sair num pau de arara, andar 13 dias até São Paulo... Chegando lá meu pai estava com outra família, fomos morar sozinho. Esse filho que escapou da morte até os cinco anos de idade e não teve diploma universitário é o presidente da República mais eleito desse país. Isso só pode ser coisa de Deus. Não tem outra explicação".

"Somente Deus é que poderia fazer que o filho de Dona Lindu, semianalfabeto que não morreu de fome fosse eleito três vezes presidente da República desse país. Quero provar mais uma vez que um metalúrgico, torneiro mecânico, pode fazer para esse país o que a elite brasileira não fez pelo povo. O ódio contra nós é porque não gostam de pobres, negros, LGBT. As mulheres também não são objeto".

Postar um comentário

0 Comentários