Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Comemora, torcedor! Bahia goleia o Atlético-MG e garante a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro




O milagre aconteceu na noite desta quarta-feira (6). O Bahia goleou o Atlético-MG por 4 a 1, na Arena Fonte Nova, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, e escapou do rebaixamento. Cauly, Juba, Thaciano e Ademir fizeram os gols dos donos da casa, enquanto Paulinho marcou a favor dos visitantes. Para ficar na elite, o Tricolor contou com a derrota do Santos para o Fortaleza por 2 a 1.
Com o resultado positivo, o Esquadrão de Aço somou 44 pontos e subiu para o 16º lugar na tabela de classificação e empurrou o Santos para o rebaixamento com 44 ficando em 17º. Já o Galo ficou em terceiro com 66 pontos, seis a menos do que o Palmeiras, que conquistou o título nacional. Com 68, o Grêmio ficou com o vice-campeonato.
O Bahia encerra a participação no Campeonato Brasileiro de 2023 com 12 triunfos, oito empates e 18 derrotas, em 38 jogos disputados. O ataque marcou 50 gols e a defesa sofreu 53.
O JOGO
A primeira iniciativa foi do Bahia logo no primeiro minuto. Na troca de passes em velocidade, Luciano Juba cruzou rasteiro, mas a defesa afastou. Thaciano pegou a sobra e finalizou mandando perto da trave esquerda de Everson. Mas a jogada foi invalidada pela arbitragem que apontou impedimento no lance.
Cauly abre o placar para o Esquadrão de Aço
O Bahi abriu o placar com Cauly aos 10 minutos. Thaciano avançou aproveitando o erro da defesa do Galo e tocou para o camisa 8 que bateu firme no canto do goleiro Everson. Bahia 1x0 Atlético-MG
O Bahia queria mais. Falta cobrada por Luciano Juba na cabeça de David Duarte que testou firme, mas Everson operou um milagre e evitou o segundo gol do time baiano aos 13 minutos.
Aos 17, Acevedo levou a pior numa dividida com Hulk. O uruguaio ficou caído no gramado e foi tirado de maca para receber atendimento médico. O meia voltou para o jogo, mas acabou sentindo dores e foi substituído por Mugni.
O Tricolor aproveitou outra saída errada da defesa mineira aos 24 minutos. Cauly dominou a bola e tocou para Rezende, que finalizou e ela passou perto da trave direita de Everson. A resposta do Galo veio no minuto seguinte e Pavón bateu firme, mas Marcos Felipe fez a defesa e mandou para fora.
Aos 32 minutos, o Esquadrão de Aço quase marcou o segundo. Biel recebeu passe de Juba invadiu a área, foi na linha de fundo e cruzou. A bola bateu em Otávio, enganou Everson e quase entra. Pressão do time baiano e dois minutos depois, Gilberto lança Thaciano dentro da área, que domina, mas cai e perde a bola.
Paulinho empata para o Galo
O Atlético-MG chegou ao empate com Paulinho aos 35 minutos. Igor Gomes descolou belo passe para área e o camisa 10 finalizou na saída de Marcos Felipe. Bahia 1x1 Atlético-MG
O Tricolor criou uma boa chance aos 46 minutos. Lançamento de Mugni, Thaciano dominou, girou e tocou para Biel, que finalizou por cima da meta mineira.
Juba recoloca o Tricolor na frente
O Bahia chegou aos segundo gol com Luciano Juba aos 51 minutos. Cauly briga pela bola na ponta direita, mas Thaciano fica com a sobra e cruza para área. O camisa 46 pega de primeira e estufa as redes mineiras. Bahia 2x1 Atlético-MG
Segundo tempo
O Bahia voltou dos vestiários com a mesma formação que terminou a etapa inicial. Já o Atlético-MG fez uma modificação. O lateral Rubens entrou no lugar do meia Igor Gomes.
O jogo ficou mais disputado pelas duas equipes passados 10 minutos de bola rolando. Ninguém conseguia vencer as marcações para encaixar uma jogada mais aguda que levasse perigo ao gol adversário. Aos 12 minutos um dos auxiliares do técnico Rogério Ceni acabou sendo expulso pelo árbitro Ramon Abatti Abel por reclamação.
Thaciano faz o terceiro do Esquadrão de Aço
O Esquadrão de Aço marcou o terceiro gol com Thaciano aos 21 minutos. Rezende arriscou de fora da área, a bola sobrou com o meia que dominou e bateu para estufar as redes. Bahia 3x1 Atlético-MG
Aos 32 minutos, o time baiano ia escapando com Cauly na ponta direita, mas acabou sendo desarmado por Jemerson. O Tricolor teve outra boa chance aos 43 com Ademir. Ele cortou para o meio e finalizou rasteiro, mas a bola passou perto da trave mineira e foi para fora. Aos 46, Marcos Felipe operou um milagre ao defender uma cabeçada na área.
Ademir faz o quarto do Esquadrão de Aço
Ademir transformou o triunfo do Bahia em goleada aos 46 minutos. O camisa 7 puxou o contra-ataque, invadiu a área e finalizou forte no canto de Everson. Bahia 4x1 Atlético-MG
FICHA TÉCNICA
Bahia 4x1 Atlético-MG
Campeonato Brasileiro - 38ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 06/12/2023
Horário: 21h30
Árbitro: Ramon Abatti Abel (FIFA-SC)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Vitor Hugo, Ademir (Bahia) / Rubens, Paulinho (Atlético-MG)
Gols: Cauly, Luciano Juba, Thaciano, Ademir (Bahia) / Paulinho (Atlético-MG)
Bahia: Marcos Felipe; Kanu, David Duarte e Vitor Hugo; Gilberto, Rezende (Diego Rosa), Acevedo (Mugni) (Léo Cittadini), Thaciano (Cicinho), Cauly e Luciano Juba; Biel (Ademir). Técnico: Rogério Ceni.
Atlético-MG: Everson; Mariano, Jemerson, Igor Rabello e Arana; Otávio, Edenilson (Pedrinho), Igor Gomes (Rubens) e Pavón (Alan Kardec); Paulinho e Hulk. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Postar um comentário

0 Comentários