Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Veja o que se sabe sobre sumiço de grávida em Barra da Estiva; vereador está preso | Reconvale Noticias

                         Foto: Arte g1
A jovem Beatriz Pires da Silva Santos, de 25 anos, desapareceu há mais de seis meses, em 11 de janeiro deste ano, na cidade de Barra da Estiva, sudoeste da Bahia. Nesta semana, o vereador do município, Valdinei Caires, foi preso por envolvimento no caso.
Beatriz Pires sumiu quando estava grávida de seis meses e tem um filho de 2 anos. Ela foi vista pela última vez ao entrar no carro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. De acordo com a delegacia da cidade, o veículo costumava ser usado pelo edil.
Beatriz Pires sumiu quando estava grávida de seis meses e tem um filho de 2 anos, no dia 11 de janeiro deste ano. Ela foi vista pela última vez ao entrar no carro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. O momento foi flagrado por uma câmera de segurança.
A mãe de Beatriz Pires informou que dias antes, a jovem contou que viajaria com o pai dos filhos dela. No entanto, ela não especificou a data da viagem.
Seis meses depois, ainda não indícios de onde está a jovem.
Participação do vereador no sumiço
Após verificar que Beatriz Pires entrou no carro usado por Valdinei Caires, a Polícia Civil passou a investigá-lo. Ele sempre negou participação no desaparecimento da jovem.
Nesta semana, equipes da Delegacia Territorial de Barra da Estiva e da 20ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Brumado) cumpriram um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, pelo crime de homicídio qualificado na Praça Jackson Aguiar, no centro do município.
A polícia também informou que a participação de Valdinei no sumiço de Beatriz foi evidenciada por interceptações telefônicas.
Em entrevista ao g1, Célia Pires disse que a filha afirmou que as duas crianças tinham o mesmo pai. A identidade do homem nunca foi revelada por Beatriz para a família com a justificativa de que não queria "atrapalhar" a vida do homem.
A Polícia Civil informou que as investigações apontam que o vereador é o pai das crianças.
Renúncia de cargos
Valdinei Caires era o presidente da Câmara de Barra da Estiva, mas renunciou ao cargo, no dia 8 de março. Mesmo longe da presidência, o parlamentar manteve suas atividades como vereador.
Um mandado de busca e apreensão chegou a ser cumprido no gabinete de Valdinei Caires, na Câmara de Vereadores de Barra da Estiva. Uma CPU e o carro em que Beatriz foi vista antes de desaparecer foram apreendidos.
Policiais civis também fizeram buscas, com uso de cães farejadores, na casa do vereador, no dia 6 de abril, mas a jovem não foi encontrada.
Em nota, a Câmara de Vereadores de Barra da Estiva informou que vai convocar uma reunião extraordinária para decidir quais medidas serão tomadas sobre o mandato do edil.

Postar um comentário

0 Comentários