Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Governador Mangabeira e mais 24 municípios baianos alerta Sesab sobre situação de epidemia de dengue



A epidemia de dengue já é realidade em 25 municípios baianos do Sul, Extremo-Sul, Sudoeste e Centro-Leste há pelo menos quatro semanas, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Entre as localidades mais afetadas, estão Itapé, Lençóis, Vereda, Condeúba e Piripá. Outras cidades da Bahia, apesar de não se encontrarem em situação epidêmica, também apresentam alta no número de ocorrências da doença este ano. Isso porque, de primeiro de janeiro a 11 de abril, foram registrados 14.561 casos prováveis de dengue no estado. No mesmo período de 2022, o número de pacientes com possível diagnóstico do vírus ficou em 13.381, o que representa um aumento de 8,8%. A epidemia acontece quando há um aumento no número de casos em diversas localidades, sem atingir a escala global. Segundo o epidemiologista Eduardo Netto, é importante diferenciá-la do surto, normalmente utilizado para classificar crescimento mais localizado. Com incidência igual ou superior a 100 casos por 100 mil habitantes, 98 municípios baianos notificaram a Sesab em relação ao avanço de dengue. Contudo, foram 25 municípios que sinalizaram situação de epidemia. São eles: Itapé, Porto Seguro, Lençóis, Maracás, Condeúba, Novo Horizonte, Ibipitanga, Jussari, Uruçura, Érico Cardoso, Iraquara, Dom Basílio, Mirante, Ituberá, Brejolândia, Macaúbas, Paramirim, Itagi, Buerarema, Barra do Rocha, Jandaíra, Governador Mangabeira, Rafael Jambeiro, Candiba e Andaraí, todos com boom de infectados desde março.

Postar um comentário

0 Comentários