Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Lula libera novo benefício no valor de R$ 1.000 e choca brasileiros | Reconvale Noticias




O programa social de transferência de renda, Bolsa Família, foi relançado recentemente pelo presidente Lula (PT). A princípio, em sua nova versão, o governo apresentou algumas novidades relacionadas aos valores a serem recebidos. Já a partir de março, os núcleos familiares cadastrados deverão obter outros benefícios.
Todavia, o Bolsa Família no valor de R$1.000, se caracteriza pelo benefício regular de R$600, juntamente com alguns valores complementares. O Governo Federal, entretanto, estipulou algumas regras para que as famílias recebam este dinheiro a mais. Tal variação leva em consideração a composição familiar, entre outros critérios.
Dessa maneira, nem todos os núcleos familiares irão receber o Bolsa Família no valor de R$1000 em parcelas mensais. Analogamente, além dos R$600 há um adicional pago de R$150 para famílias que possuem crianças de até seis anos de idade, e mais R$50 para gestantes ou jovens de 7 a 18 anos.
Analogamente, o Governo Federal e a Caixa Econômica, responsáveis por depositar os benefícios nas contas das famílias em vulnerabilidade social, já garantiram estes valores aos cidadãos. Sendo assim, estarão disponíveis os R$600, R$300 para famílias com duas crianças e R$100 para jovens de 7 a 18 anos, um total de R$1.000.
Liberação do dinheiro
Em síntese, os núcleos familiares com crianças de até seis anos de idade deverão começar a receber o benefício adicional a partir do dia 20 de março. Já as residências que possuem gestantes ou jovens de 7 a 18 anos possivelmente irão receber os valores adicionais a partir do mês de junho deste ano.
Para consultar os valores do benefício social ou fazer transferências e movimentar o dinheiro, pode-se utilizar os vários canais disponibilizados pela Caixa. Aliás, os beneficiários devem ir às agências do banco, utilizar o aplicativo Caixa Tem, para Android e iOS, casas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui, ou se dirigir a terminais de autoatendimento.
Enfim, o Bolsa Família oficial começará a ser pago no dia 20 de março (segunda-feira), e deverá se estender até o dia 31 do mesmo mês. A Caixa deverá continuar a depositar os valores aos beneficiários, de acordo com seu calendário, que leva em consideração para os depósitos, o número final do Número de Identificação Social (NIS).
Calendário Bolsa Família – Março
Dígito final do NIS - Data de pagamento
1 - 20 de março
2 - 21 de março
3 - 22 de março
4 - 23 de março
5 - 24 de março
6 - 27 de março
7 - 28 de março
8 - 29 de março
9 - 30 de março
O Bolsa Família é o programa social de transferência de renda mais importante do país. Em síntese, através dos recursos disponibilizados, os núcleos familiares em situação de pobreza ou extrema pobreza, podem obter valores a serem destinados para pagar inúmeras contas, como luz e água, alimentação e aluguel.
Quem tem direito ao benefício
Dessa forma, para ter direito a receber o benefício, as famílias devem apresentar uma renda per capita de R$218 e estar registradas no Cadastro Único (CadÚnico). Em sua atualização, o Governo Federal apresentou algumas novidades, como a obrigatoriedade de crianças de 4 a 5 anos apresentarem 60% de frequência escolar.
Além disso, para jovens de 7 a 18 anos, que não concluíram o ensino básico, devem apresentar uma frequência mínima escolar de 75%. Logo, as famílias também precisam manter atualizadas suas carteiras de vacinação. Existe ainda a necessidade de se realizar um acompanhamento pré-natal para gestantes para receber os benefícios.
Em suma, o Ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome do Brasil, Wellington Dias (PT), afirma que o Bolsa Família torna o acesso das famílias à saúde e à educação mais fácil. Para ele, o programa social interrompe um ciclo de pobreza, além de oferecer aos beneficiários uma grande oportunidade.
Novas oportunidades
De acordo com Wellington Dias, sobre o programa social do governo, “ninguém quer viver na pobreza, se alguém é rico, quer ser mais rico ainda, se alguém já está na classe média, quer melhorar a renda. Imagine os mais pobres? Esse é que quer uma oportunidade, e o Bolsa Família volta abrindo mais oportunidades”.
Por fim, ao se cadastrar no Bolsa Família, o representante do núcleo familiar recebe uma conta da Caixa para ter depositado em seu nome, os valores mensais a que tem direito. Aliás, ele recebe um cartão para fazer as movimentações financeiras. Vale lembrar que os cartões antigos e as senhas do Auxílio Brasil ainda estão valendo.
                                Fonte: Noticias Concursos  

Postar um comentário

0 Comentários