Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Enquete

Auxílio mãe solteira janeiro: Primeira parcela de R$ 1.200 foi confirmada para segunda-feira, 09/01?Veja situação do projeto de lei do Auxílio permanente para mãe solteira e se foi confirmado




Para este mês de janeiro, chefes de família e mães solos e de todo Brasil querem saber se vão receber o pagamento do Auxílio Permanente para Mãe Solteira.
Vale destacar o Auxílio Mãe Solteira é um Projeto de Lei (PL 2.099/20) em tramitação no Congresso Nacional. O PL foi criado pelo ex-deputado Assis Carvalho (PI) e foi relatado pela deputada Erika Kokay (PT-DF).
No projeto, o valor do benefício é estimado em R$ 1.200.
O Auxílio Mãe Solteira seria pago pela Caixa Econômica Federal, assim outros programas sociais.
Veja as últimas notícias sobre o Auxílio Permanente de R$ 1.200 e:
Auxílio Mãe Solteira
Auxílio Mãe Solteira Dezembro
Auxílio Permanente Mãe Solteira
Auxílio Mãe Solteira liberado
Auxílio Mãe Solteira de R$ 1.200
AUXÍLIO MÃE SOLTEIRA VAI SER LIBERADO EM JANEIRO?
Como foi elucidado acima, o Auxílio Permanente para mãe solteira ainda vai passar por debates e votações no Senado e Câmara dos Deputados, como foi dito acima.
É muito difícil que o Auxílio mãe solteira vai ser pago ainda em janeiro, consequentemente.
CADASTRO AUXÍLIO MÃE SOLTEIRA
Não é possível fazer o cadastro no Auxílio Mãe Solteira por não estar regulamentado.
É necessário esperar posicionamento do Ministério da Cidadania, que deve pode novas informações para realizar cadastro no Auxílio Mãe Solteira.
Estão aptas a receber o Auxílio Mãe solteira:
Mulheres com idade mínima de 18 anos;
Não possuir emprego com carteira de trabalho;
que não possuem companheiro ou cônjuge;
Estar inscrita no Cadastro Único - CadÚnico;
Não participar de qualquer programa de transferência de renda federal.
Ter renda mensal de até 1/2 (meio) salário mínimo por pessoa ou total familiar de três salários mínimos;
Ter ao menos um filho menor de dezoito anos sob sua responsabilidade;
Não ser beneficiária de programas previdenciários ou assistenciais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
Não receber seguro-desemprego;
                                                            Fonte: TvJornal

Postar um comentário

0 Comentários