Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Deputada negra do PT é ameaçada de morte por criminosos bolsonaristas | Reconvale Noticias

Suposto “Comando de Caça aos Comunistas de MG” associa Andréia à vereadora do Rio assassinada em março de 2018: “Seus dias estão contados. Marielle te espera”


A deputada estadual de Minas Gerais Andréia de Jesus (PT) recebeu uma sinistra ameaça de morte ontem (15). Por e-mail, alguém ou um grupo identificado como “Comando de Caça aos Comunistas de Minas Gerais” a associa à vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (Psol), assassinada em 14 de março de 2018. “Seus dias estão contados e seu fim é questão de tempo. Muito pouco tempo. Marielle te espera. Ustra vive”, afirma o criminoso, em referência ao coronel Carlos Brilhante Ustra, torturador do período da ditadura no país que morreu em 2015 – também homenageado por Bolsonaro na Câmara, na votação do impeachment.
A parlamentar comentou a situação em postagens nas redes sociais. “Recebi uma nova ameaça. Essa se tornou uma realidade na minha vida. Enquanto caminhava por Minas Gerais, levando esperança para um povo que está cansado de tanto sofrer, recebo a notícia de que, mais uma vez, minha vida foi ameaçada”, escreveu no Twitter.
Andréia informou que, com sua equipe, já tomou medidas jurídicas. “Nós lutamos diariamente pela garantia dos direitos humanos. Sei que não estou sozinha nessa luta!”, postou. A deputada fala de Marielle Franco como um exemplo que segue. “Sou semente de Marielle Franco, floresço, me fortaleço a cada dia.”
Em novembro de 2021, a parlamentar publicou uma carta aberta para denunciar “graves ameaças de morte” que vinha recebendo, segundo o Psol. O motivo é seu trabalho à frente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Ela é a primeira mulher negra eleita para o parlamento mineiro em mais de 300 anos de história.
Na mensagem, o remetente afirma que “já estamos contando as balas”. Justifica a ameaça com a seguinte afirmação: “Estamos cansados de seus ataques à família mineira. Por isso, vamos eliminar você”.



Postar um comentário

0 Comentários