Em baixa, Bolsonaro vê Marcha para Jesus esvaziada em Balneário Camboriú | Reconvale Noticias


Os evangélicos já não seguem o canto da sereia entoado pelo presidente cessante Jair Bolsonaro (PL), que parece ter perdido o encanto nas vésperas das eleições 2022.

Após deblaque nas pesquisas de intenção de votos, que dão vitória a Lula no primeiro turno, Bolsonaro viu neste sábado (25/06) mais uma Marcha para Jesus esvaziada em Balneário Camboriú (SC) – contrariando o apelido de “BozoQuistão” dado ao estado de Santa Catarina.

Segundo pesquisa do Datafolha, o ex-presidente Lula (PT) venceria a disputa no primeiro turno – se a eleição fosse hoje – com 47% ante 28% do inquilino do Palácio do Planalto.

No segmento evangélico, Bolsonaro ainda tem uma vantagem numérica sobre Lula [40% a 35%, de acordo com o Datafolha]. Mas essa dianteira não está ajudando mobilizações como as marchas para Jesus.

No mês passado, somente dez mil pessoas foram às ruas centrais de Curitiba (PR) para seguir uma marcha de apoio a Bolsonaro. Na época, o evento também fora realizado após pesquisa do Datafolha.

Os pastores evangélicos haviam prometido 300 mil almas na capital paranaense, no entanto, eles não conseguiram entregar.

Em discurso na praia de Balneário Camboriú (SC), ao mirrado público que se aglomerou na praia, Bolsonaro hoje atacou a esquerda da América Latina.

– As pessoas precisam ser alertadas e convencidas de que, se o Brasil for para o lado da esquerda, nós entraremos num trenzinho que começa pela Venezuela, passa pela Argentina, vai no Chile e agora o penúltimo vagão está sendo a Colômbia – disse o atual mandatário, prenunciando sua derrota em outubro.
Veja também Boulos fala em arrancar Bolsonaro da presidência e mandá-lo para a prisão da Papuda

Bolsonaro disparou contra Venezuela e Colômbia.

Segundo ele, os “serviço público mais procurado na Colômbia é o da emissão de passaporte” e afirmou que “pessoas que já pensam em abandonar o seu país, a exemplo do que aconteceu há 10 anos com a Venezuela” após a vitória do economista Gustavo Petro.

O presidente Jair Bolsonaro luta para arrastar a disputa eleitoral deste ano para o campo moral, do bem contra o mal, com o intuito de fugir do tema econômico.

– Nessa briga do bem contra o mal, nós sabemos o que está na mesa: um lado defende o aborto, o outro é contra; um lado defende a família, o outro quer cada vez mais desgastar os seus valores; um lado é contra ideologia de gênero, o outro é favorável; um lado quer que se povo se arme para que se afaste a sombra daqueles que querem roubar nossa liberdade – resumiu ele.

No entanto, as pesquisas indicam que Bolsonaro está sendo derrotado pela inflação, combustíveis caros, fome, miséria, desemprego, salários baixos, dentre outras mazelas que deixam os eleitores brasileiros infelizes com o governo.

O recado do Datafolha para Bolsonaro foi certeiro: é a economia, estúpido!

A pesquisa foi realizada com 2.556 eleitores nos dias 22/06 [quarta] e 23/06 [quinta]. Margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos.

O levantamento do Datafolha está registrado no TSE sob o nº BR-09088/2022.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem