"Bolsonaro é o anticristo", diz Marcia Tiburi | Reconvale Noticias


A professora e filósofa Marcia Tiburi afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, que Jair Bolsonaro segue na tática do culto à morte e convoca seus seguidores para o gozo perverso e sádico. "Ele exerce o psicopoder, mas é manobrado pelos generais e oligarcas. Ele não precisa fazer muita coisa, só precisa fazer a cena perversa", diz ela, ao comentar as reações de indiferença de Bolsonaro aos brutais assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips. "A ideologia básica dos exploradores é que a culpa é dos explorados. O capitalismo é um sistema de eterna culpabilização das vítimas", afirma.
Marcia Tiburi afirmou ainda que o enunciado de Bolsonaro é sempre chocante. "O que ele diz sobre os mortos é: 'e daí?' O que Bolsonaro faz é instaurar a guerra de todos contra todos", afirmou. Na entrevista, ela também comentou a fala de Bolsonaro sobre um eventual Jesus Cristo pistoleiro. "Bolsonaro é o anticristo. O motivo: além de nunca demonstrar compaixão, ele se compraz com a morte e com a destruição. Bolsonaro sequestrou Jesus Cristo, como fazem vários pastores. Rebaixou Cristo a um objeto e faz desse objeto um manipulador de armas. O charlatanismo é um diabolismo", disse a professora.
Na sua análise, o fascismo é uma consequência inevitável do capitalismo e é muito importante aproximar o neoliberalismo do fascismo. "O perverso é aquela figura que rompeu com a lei e os oligarcas têm gozo de ver o povo morrendo", finalizou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->