Com gol no fim, Atlético de Alagoinhas vira pra cima do Bahia e vence a primeira na Copa do Nordeste | Reconvale Noticias


Em jogo válido pela 3ª rodada da Copa do Nordeste, o Atlético de Alagoinhas venceu o Bahia, de virada, por 2 a 1, na tarde deste sábado (5) e conquistou seus primeiros três pontos na competição. Os gols foram marcados por Iran e Dionísio para o Carcará, enquanto Raí Nascimento marcou o único do Esquadrão.
A partida aconteceu no Carneirão, em Alagoinhas, e 1.440 torcedores estiveram presentes, para uma renda de R$ 37.250,00. Com esse resultado, o time do interior baiano avança para a segunda posição do Grupo A, com quatro pontos. Já o Tricolor de Aço, permanece momentaneamente na segunda colocação do Grupo B, mas podendo ser ultrapassado pelos demais concorrentes que ainda vão jogar.
Agora as duas equipes voltam as atenções para o estadual. Na quarta-feira (9) o Bahia enfrenta o Barcelona de Ilhéus, às 19h15, na Arena Fonte Nova, enquanto o Atlético-BA recebe o Unirb, no Carneirão, às 21h30.
PRIMEIRO TEMPO
Aos 15' da primeira etapa, após Marcelo Cirino desviar de cabeça, Raí aproveitou o vacilo de Iran e tocou na saída do goleiro para abrir o placar para o Esquadrão.
Aos 37 minutos Lucas Alisson foi expulso após o bandeirinha apontar agressão do atleta em dividida com Ignácio.
Aos 45', em bela jogada ensaiada, Gabriel Esteves finalizou para uma bela defesa de Danilo Fernandes, que desviou a trajetória da bola, que tocou na trave e sobrou para Iran empatar o duelo.
Três minutos depois, após cruzamento da esquerda, Ronaldo Césa finalizou e o goleiro Fábio Lima desviou, evitando o segundo do Tricolor de Aço.
SEGUNDO TEMPO
Nos primeiros quatro minutos da segunda etapa o Esquadrão também ficou com um homem a menos. O lateral-esquerdo Matheus Bahia chegou atrasado em carrinho, atingindo o atacante Thiaguinho, e recebeu o cartão vermelho direto
Aos 18', após cruzamento na área pela esquerda, Miller subiu sozinho e desviou de cabeça, a bola saiu pelo canto esquerdo de Danilo Fernandes. Quase o Carcará virou.
Quatro minutos depois, Miller recebeu com liberdade, driblou Gustavo Henrique e finalizou de cavadinha na saída do goleiro, mas a bola saiu raspando a trave.
Aos 42 minutos, Borel recebeu lançamento pela direita e cruzou rasteiro para o meio da área, o goleiro Fábio Lima falhou e deixou a bola passar entre os seus braços, que sobrou para Rodallega, com o gol livre, desviar de carrinho para fora. Grande chance desperdiçada pelo Esquadrão.
Aos 44', Luiz Henrique carregou pela direita e cruzou para o meio da área, Rodallega finalizou e Fábio Lima fez uma excelente defesa, salvando o Carcará. No minuto seguinte, Rodallega novamente recebeu de frente para o gol e finalizou da entrada da área para uma nova defesa de Fábio.
Três minutos depois, Jerry levantou na área, Rael desviou de cabeça pro meio da área e Dionísio, sozinho, tocou no canto do gol Tricolor. Virou o Carcará.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem