Câmara Municipal realiza sessão extraordinária para tratar do Projeto de Lei 018/2021, para a abertura de crédito suplementar ao Orçamento atual.




Hoje 02/12/21 às 11hs, foi realizada sessão extraordinária para tratar do Projeto de Lei 018/2021, que dispunha sobre autorização para a abertura de crédito suplementar ao Orçamento atual.
*Contextualizando
Nos reunimos na noite de ontem, antes da sessão, com representantes da contabilidade da prefeitura, que passou a informar o seguinte: QUE A "CONGESTÃO" MUNICIPAL DEPENDIA DE AUTORIZAÇÃO PARA ABERTURA DE CRÉDITO NO ORÇAMENTO NA ORDEM DE 20%, O QUE CORRESPONDE A R$ 5.800,000,00, COM A FINALIDADE DE PAGAR OS SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS.
Os representantes da contabilidade alegou que o orçamento em execução teria sido mal feito, mas o que ficou claro na verdade, é que foi muito mal executado, como tudo nesse desgoverno
*So pra registrar
A congestão municipal possuía 40% no Orçamento atual de suplementação, o que corresponde a R$ 11.600.000,00
A congestão tem despesas empenhadas no valor de R$ 1.345.688, 90
*Um exemplo de mal execução
As dotações para a manutenção do Gabinete do Prefeito, teve seu valor inicial alterado. Hora aumentando, hora anulando. O que demonstra falta de controle orçamentário.
Isso se repete em outras dotações.
Em resumo, o orçamento foi executado sem o menor controle. Tanto que em 10 meses utilizou 40% do autorizado e foi solicitado mais 20% só para o mês de dezembro, pois novembro já passou.
A pergunta
A folha de dezembro é tão alta assim?
Pois está sendo solicitado autorização de R$ 5.800.000,00 sob o argumento de que é pra pagamento de folha.
Foi autorizado pela Câmara de Vereadores suplementação de 15% que somando-se aos 40% temos um orçamento mexido em 55% .
Charles nosso brother

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->