Um ano sem Jotinha: ‘Sinto falta do amor dele, perdi uma pedra preciosa’, lamenta mãe de Jotinha | Reconvale Noticias

Nesta sexta-feira (5), completa um ano em que o humorista José Luiz Almeida da Silva, de 52 anos, mais conhecido como Jotinha, morreu de falência múltipla dos órgãos, em consequência da Covid-19.
A morte do humorista teve comoção nacional. Famoso nas redes sociais com seus vídeos e áudios divertidos, Jotinha levava alegria para milhares de pessoas através do WhatsApp e Instagram, principalmente em dias de jogo do Bahia, time do coração.
Thank you for watching
Na manhã desta sexta, a mãe do saudoso Jotinha, Terezinha Almeida Cezar, de 87 anos, participou do Programa Acorda Cidade e contou sobre a grande falta que faz o filho no convívio da família.
“Era uma convivência muito especial, um menino muito digno, um menino amado, não me aborrecia, era um amor maravilhoso. Ele não gostava de ficar procurando confusão com ninguém, um menino muito especial, então só posso dizer que era uma convivência muito boa com todos os irmãos e comigo”, afirmou.
Dona Terezinha destacou que não há ninguém, que não gostasse de Jotinha que era dono de uma imensa simpatia. Com áudios e vídeos irreverentes, ele ganhou grande carinho por todo o público.
“Jotinha era um menino simples, não tinha estudo, o estudo dele era até o primeiro ano, mas era um garoto levado e sabido. Deus levou ele, mas o nosso amor continua sempre em nosso coração. Todo mundo gostava dele e sempre que as pessoas precisavam, ele estava disposto a ajudar. Hoje eu sinto uma grande falta do amor dele, do carinho porque eu perdi uma pedra preciosa, nem o quarto dele eu gosto de abrir para olhar as coisas que ele deixou”, lamentou.
Paixão tricolor
‘Eu nunca vi um time tão ruim, tão medíucule como é esse time do Bahia. Um time apático em campo, um time que não tem uma defesa confiável, os laterais não avançam e também não é de confiança na marcação, tem um meio de campo amador. Rapaz, Hernane só faz gol em time fraco, quando pega o Vitória, o arquirrival, é uma merda esse Hernane, isso é time nada, tu é doido, dar até raiva’.
Eram com estas análises sobre o Esporte Clube Bahia, time do coração de Jotinha, que muitos áudios faziam sucessos entre as redes sociais.
De acordo com Dona Terezinha, em dias de jogos, a animação era feita dentro de casa.
“Quando tinha jogo do Bahia, o horário que fosse, a tarde ou a noite, ele logo falava, hoje tem jogo do Bahia para a gente assistir. E eu ficava orando à Deus para que o Bahia ganhasse, a gente só queria ver o Bahia ganhando”, afirmou.
                                              Foto: Arquivo Pessoal

‘Minha vó já dizia, meu filho meu filho, tu vai ver coisa, tu vai ver coisa. E eu dizia que nada, isso é mentira de Dindinha, Dindinha tá mentindo, mentira uma poxa, vovó estava falando a verdade’.
Este áudio viralizou e é reproduzido até hoje. Segundo Dona Terezinha, a famosa ‘Dindinha’, é a avó de Jotinha.
“Dindinha é minha mãe, antigamente o pessoal chamava os avós de Dindinha e aí ela dizia: ‘Jotinha tu vai ver é coisa, tu vai ver é coisa’, ele não acreditava e depois estava vendo as coisas acontecerem. Mas Jotinha sempre brincou comigo, as vezes pegava uns vestidos para gravar uns vídeos, botava até o sutiã e me chamava para dançar”, relembrou as façanhas do humorista. (Acorda Cidade)

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem