Itamaraju-BA: Pai e filhas vítimas de acidente são identificados, mulher de 34 anos morreu carbonizada. | Reconvale Noticias

Itamaraju-BA: Pai e filhas vítimas de acidente são identificados, mulher de 34 anos morreu carbonizada.  | Reconvale Noticias


.com/img/a/

 


O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira, 16 de novembro, por volta das 06h00, no KM 836 da BR-101, no município de Itamaraju-BA. Uma das vítimas morreu no local, identificada como sendo, Luzineia Sena Cirqueira, de 34 anos (mãe). As outras 03 (três) vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF).
As vítimas socorridas foram identificadas como sendo, Evaldo Santos Pereira, de 38 anos (pai), e as filhas, Priscila Sena Pereira, de 16 anos e Andressa Sena Pereira, de 17 anos. Pai e filhas seguem internados no HMTF. O estado de saúde deles é estável. O corpo da vítima fatal (mãe) foi retirado das ferragens, pelo Corpo de Bombeiros e foi necropsiado pelo médico Dr. Marcelo Guimarães.
O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas, na tarde desta terça-feira (16), tentou a identificação da vítima fatal pelas impressões digitais, mas, não houve possibilidade de coleta, pois o corpo ficou totalmente carbonizado. Segundo o perito (papiloscopista) Sandro de Abreu, somente exames de arcada dentária e/ou DNA poderá identificar a vítima.
Segundo apurou nossa reportagem, a legislação exige que todos os corpos vítimas de morte violenta sejam identificados oficialmente no IML. O processo de identificação pelas digitais é o mais utilizado, em mais de 90% dos casos. Além de ser um procedimento rápido, é bem menos custoso para o Estado. Porém, quando o estado de decomposição ou carbonização é muito avançado, nem sempre é possível identificar pelas impressões digitais. //Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews - 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem