Homem é suspeito de matar ex-namorada grávida de quatro meses para que atual não descobrisse traição | Reconvale Noticias

 Homem é suspeito de matar ex-namorada grávida de quatro meses para que atual não descobrisse traição  | Reconvale Noticias


No início desta semana foi encontrado o corpo de uma jovem de 22 anos grávida de quatro meses, desaparecida desde a última sexta-feira, 12. O principal suspeito do crime é o ex-namorado, que está foragido. O corpo da jovem identificada como Larin Kathleen Oliveira da Silva estava na zona rural de um município a 400 km de Curitiba, no Paraná.
De acordo com a Polícia Civil do Paraná, o principal suspeito do crime é o ex-namorado de Larin, Fernando Amaro de Oliveira. O delegado responsável pelo caso explica que durante as investigações foi descoberto que a vítima teria engravidado do ex durante um encontro casual, em um período compatível com a gravidez da jovem. O encontro aconteceu quando o namoro deles já havia terminado e ele já estava em outro relacionamento. Após ser comunicado da gravidez, Fernando não queria o nascimento do filho e queria que Larin abortasse.
O delegado também cita que a vítima teria se recusado a abortar e dito ao suposto pai da criança que teria o filho, independentemente da vontade do ex. Larin desapareceu na sexta, por volta das 19h. Até o momento, Fernando é o único suspeito do crime, porém a polícia não descarta que ele tenha contado com a ajuda de uma segunda pessoa. Embora sua atual namorada ainda deve ser ouvida, ela nega qualquer tipo de envolvimento. O caso é investigado como feminicídio e a polícia já emitiu um mandado de prisão preventiva contra Fernando.
A investigação também aponta que horas após o desaparecimento da vítima, Fernando estaria em uma festa com a atual namorada, durante a madrugada do sábado, 13. Como Larin foi encontrada em estado avançado de decomposição, acredita-se que ela já estivesse morta no momento em que o ex-namorado estava na festa. //IstoÉ

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem