Brumado: 'É caso de polícia', diz prefeito sobre abstenção de doação de terreno para hospital particular | Reconvale Noticias


O prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido), soltou a verbo em sua última live semanal sobre a abstenção do poder legislativo com relação ao projeto de doação de terreno público municipal para a construção de um hospital particular. “É caso de polícia”, disparou Vasconcelos, que pretendia doar um terreno avaliado em R$ 5 milhões para a construção da unidade de saúde. Durante a votação do Projeto de Lei nº 057/2021, os vereadores que se abstiveram do voto alegaram falta de informações essenciais, inclusive do projeto de construção, para não votar a proposta . Eduardo pretendia doar um terreno localizado na Avenida Duarte Moniz, no Bairro Santa Tereza, para à Medical Consult - Serviços Médicos Ltda para construção da unidade de saúde. A empresa é sediada em Vitória da Conquista, tem capital social de R$ 8 mil e 33 sócios. Atualmente, 29 sócios foram desligados da empresa, que conta apenas com 4. A área do terreno é de 10.551,93 m². Segundo o prefeito, a empresa pretendia investir R$ 35 milhões na cidade, com 23 especialidades médicas e gerar cerca de 200 empregos. Na live, Lima falou o nome de cada vereador que se absteve de votar a proposta. “Grupo célere pela sua maldade”, lamentou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem