'Cota de empregos' é criada para não sucumbir taxa de lixo e código de obras e urbanismo em Brumado - Reconvale Noticias

Notícias de Última Hora

'Cota de empregos' é criada para não sucumbir taxa de lixo e código de obras e urbanismo em Brumado




A articulação política do prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), continua trabalhando firme para não deixar sucumbir os projetos de lei da taxa do lixo e do código de obras e urbanismo. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, os vereadores têm criado resistência para a aprovação das propostas, o que fez a linha de frente política do governo municipal criar a “cota de empregos” para atender as demandas da base aliada. Fontes governistas revelaram que costuras políticas estão em andamento para que os parlamentares de situação, com o voto de minerva da presidente Verimar Meira (PT), aprovem as propostas muito almejadas por Vasconcelos. Nos últimos dias, várias exonerações estão acontecendo para proporcionar vagas aos vereadores situacionistas. Até no legislativo ocorrem demissões para indicações no cargo executivo e abertura de novos postos de trabalho para os vereadores no âmbito da estrutura legislativa. A articulação política do governo busca satisfazer a base para ter a certeza da aprovação das propostas impopulares. Com o código de obras e urbanismo para burocratizar a vida da população brumadense, Eduardo quer o poder para que toda a ligação de água e energia a ser realizada pelas concessionárias (Embasa e Coelba), em qualquer imóvel, deva ser precedida de consulta feita diretamente pelo contribuinte à Secretaria de Infraestrutura - após o parecer favorável à ligação emitida pelo Poder Público Municipal, poderá a concessionária proceder a ligação.



Nenhum comentário