Servidora que atuou em campanha do ‘Agosto Lilás” é morta com pancada na cabeça em Itabela - Reconvale Noticias

Notícias de Última Hora

Servidora que atuou em campanha do ‘Agosto Lilás” é morta com pancada na cabeça em Itabela




A servidora pública municipal Aureny Ferreira da Silva, 46 anos, foi encontrada morta, na manhã desta segunda-feira (30), em Itabela.
Ela atuava como recepcionista no Cras, o Centro de Referência da Assistência Social. Colegas de trabalho estranharam o fato dela não ter aparecido para trabalhar e foram até a sua casa, no bairro Pereirão. O corpo foi localizado na área de um bar que Aureny mantinha anexo à residência.
Segundo a polícia, ela foi assassinada com uma pancada na cabeça. No local não havia sinais de arrombamento. A polícia apura se ela foi vítima de feminicídio – que é o assassinato de mulheres cometido em razão do gênero.
O assassinato de Aureny ocorre em meio ao Agosto Lilás, campanha com ações para ajudar vítimas de violência doméstica e reduzir número de mortes de mulheres.
“Ela atuou fortemente na campanha do mês dedicado à comemoração da Lei Maria da Penha e, ironicamente, pode ter sido mais uma vítima de feminicídio”, disse um colega de trabalho. Aureny foi candidata a vereadora pelo Republicanos nas últimas eleições. //Radar64

Nenhum comentário