Foguete chinês sem controle deve cair na Terra esse fim de semana




Um risco "baixo" ou mesmo "ínfimo", mas não zero: um foguete chinês deve retornar, sem controle, à atmosfera terrestre neste final de semana. China e muitos especialistas consideram, porém, a hipótese de danos na Terra mínima.


O país asiático colocou em órbita o primeiro módulo de sua estação espacial em 29 de abril, graças a um foguete Longa Marcha 5B - o mais poderoso e imponente lançador chinês.


É a primeira parte deste foguete, atualmente em órbita, que deve retornar à Terra. Está perdendo altitude gradualmente e seu ponto de queda ainda é desconhecido.


A China tem sido muito discreta sobre o assunto e não publicou nenhuma previsão sobre o horário que o lançador entrará na atmosfera terrestre, ou onde deveria se desintegrar total ou parcialmente.


Para a agência espacial russa Roscosmos, a entrada pode acontecer hoje às 23h30 GMT (20h30 no horário de Brasília) no Sul da Indonésia.


O Departamento de Defesa dos Estados Unidos estima que será às 23h00 GMT (20h00 de Brasília) - com uma margem de erro de nove horas.


Após um longo silêncio constrangedor das autoridades espaciais e diplomáticas chinesas, Pequim finalmente reagiu na sexta-feira (7).


"A maioria dos componentes (do foguete) vai queimar na reentrada na atmosfera", assegurou Wang Wenbin, porta-voz do ministério de Relações Exteriores da China.


"A probabilidade de causar danos às atividades aéreas ou (a pessoas, edifícios e atividades) em solo é extremamente baixa", disse ele.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem