Brumado: Homem tem prejuízo de R$ 10 mil após cair em golpe durante compra de moto | Reconvale Noticias



Um colombiano que vive em Brumado há cerca de dois anos teve um prejuízo de R$ 10 mil após ser vítima de um golpe durante a compra de uma moto anunciada em grupos de venda no Facebook. Vitor Marinho, contou que juntou o dinheiro para conquistar o sonho dele.
Em entrevista ao 97News, ele disse que, por meio de um anúncio nas redes sociais, encontrou uma moto à venda e entrou em contato com o vendedor, que inclusive mora em Brumado. Na conversa, ficou acertado um teste drive, o que aconteceu dias depois. "Eu e uma migo meu fomos no bairro São Felix e vimos a moto de perto.
Fiz um teste e gostei da moto. A única restrição era o documento atrasado, mas até ai tudo bem", disse. O veículo, uma Teneré 2017 estava em ótimas condições e isso chamou a atenção de Vitor que ficou de finalizar a compra com o depósito do dinheiro. "Ele pediu R$ 12.500 pela moto. Ai eu teria que depositar R$ 10 mil e depois passar os R$ 2.500 à ele", contou. No entanto, uma terceira pessoa entrou no negócio da motocicleta.
                                                                Foto: Reprodução
Segundo Marinho, o homem se identificou como primo do proprietário e pediu para que a vítima depositasse o dinheiro na conta dele. "Essa terceira pessoa disse ser primo do vendedor, e o dono da moto confirmou que realmente era seu primo, e que pudesse depositar na conta dele.
Ai eu fiz, mas quando fui buscar a moto, ele não quis entregar", afirmou. Ao questionar o vendedor, Vitor disse que foi informado que teria que esperar o suposto primo repassar o dinheiro. "Fiquei esperando, esperando e (...) foi quando o dono da moto mandou uma mensagem de áudio pra mim dizendo que o homem não era seu primo e que ele foi forçado a mentir", disse Vitor, que ainda acrescentou dizendo no qual naquele momento percebeu que foi vítima de um golpe.
Na manhã de terça-feira (25) ele registrou um Boletim de Ocorrência contra o vendedor e o suposto primo. "Fiz o BO aqui e agora vou esperar o Delegado chamar ele para depoimento, porque ele mora aqui mesmo em Brumado, lá no bairro São Felix", diz. Conforme a vítima, as contas que foram utilizadas para o depósito são de agências bancárias do Mato Grosso do Sul.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem