Ministério da Saúde deleta vídeo em que Paulo Guedes insulta a China, ataca o SUS e critica vacinas

A pasta apagou o vídeo que comprometia o ministro da Economia e arrumou uma desculpa para se justificar: "deu um problema técnico, a transmissão estava sendo feita por celular/4G, caiu e não conseguimos reconectar"





O Ministério da Saúde deletou nesta terça-feira (27) de sua página no Facebook o vídeo em que o ministro da Economia, Paulo Guedes, insulta o principal parceiro comercial do Brasil, a China, além de reconhecer a incompetência do governo federal: "nós do governo não teremos capacidade de cuidar da saúde do povo".
Guedes não sabia que a reunião, que contava com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, do ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e do ministro da Justiça, Anderson Torres, estava sendo transmitida por mídia social.
O Ministério da Saúde, então, apagou o vídeo e, questionado sobre o motivo, alegou: "deu um problema técnico, a transmissão estava sendo feita por celular/4G, caiu e não conseguimos reconectar".
Após as falas desastrosas, Guedes passa a ter sua permanência no governo cada vez mais questionada.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem