últimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Médica eleita prefeita deixa a cerimônia de posse para atender vítimas de acidente




Médica, a nova prefeita de Itapajé, Dra. Gorete (PSD), deixou a solenidade de posse nesta sexta-feira (1º), para ir ao Hospital Municipal da cidade, averiguar a situação de dois feridos em uma colisão envolvendo um caminhão cegonha carregado, que ocorreu nesta manhã no Km 128 da BR-222, em Itapajé.


O Hospital estava sem médicos no plantão, e a escala que deveria definir os profissionais e seus respectivos turnos até o dia 15 de janeiro não foi feita. Isso, de acordo com a nova prefeita, vai de encontro à recomendação do Conselho Regional.


Dra. Gorete frisou que a escala dos profissionais da Saúde era responsabilidade da gestão antiga. Para ela, sua vitória foi um grito de protesto da cidade, contra várias medidas da gestão que se despede. Foram os populares que chamaram a médica ao Hospital.


Para a filha da prefeita eleita, Anna Karenina, que também é médica, o ato foi proposital pelos antigos gestores. Gorete chegou a tomar posse, mas ainda comemoraria a vitória junto dos vereadores também empossados no Município, o que não chegou a acontecer.


Até a noite desta sexta-feira, a médica continuava atendendo outros pacientes na unidade. “Enquanto não chegar outro colega médico, eu não saio do Hospital”, disse.


O Hospital é o único do município, que tem 50 mil habitantes. Funcionando 24h, a médica conta que chegou a atender uma gestante em trabalho de parto no dia.


“Foi gratificante por esse lado, atender a população de Itapajé como gosto, mas triste porque não tive encontros de alegria e comemoração. De todo modo, valeu pela saúde do meu povo”, relatou a médica.


Sem poder contratar novos profissionais antes do dia 4, ela se diz preocupada com o atendimento na Unidade, pois, sem a escala de médicos, não se sabe se ou quais profissionais devem aparecer para trabalhar.

Postar um comentário

0 Comentários