Enfermeira se cura de câncer, volta a trabalhar em hospital, e morre de Covid-19 - Reconvale Noticias

Notícias de Última Hora

Enfermeira se cura de câncer, volta a trabalhar em hospital, e morre de Covid-19

Captura%2Bde%2BTela%2B2021-01-08%2B%25C3%25A0s%2B18.42.10

 


A enfermeira Valerie Careless, de 62 anos, morreu por complicações da Covid-19 seis dias após receber alta de um câncer e voltar a trabalhar no Good Hope Hospital, onde atuava, no Reino Unido. Marido dela, o segurança John Careless, de 64 anos, pretende contar a história da amada como forma de alertar a população britânica para seguir as medidas restritivas contra a pandemia. 

"Espero sinceramente que isso choque as pessoas e, se mudar a opinião de uma pessoa, a vida dela terá significado algo. As pessoas estão fazendo o que querem e é a natureza humana. Mas não há pessoas suficientes que perderam alguém. As pessoas pensam que 'coisas más não vão acontecer comigo', mas elas acontecem", contou o homem ao programa "Birmingham Live". 

"Covid é real e afeta sua vida para sempre. Por favor, não deixe isso acontecer com você ou com as pessoas que você ama”, lamentou. Valerie foi diagnosticada com linfoma em 2019, fez tratamento durante todo aquele ano, e recebeu alta no início de 2020. Em março, ela voltou a trabalhar como enfermeira no departamento de radiologia e raio-X do hospital por seis dias. Por ser parte do grupo de risco, ela foi encaminhada para casa quando a pandemia avançou no Reino Unido. 

Dias depois, ela começou a sentir sintomas da Covid-19 e, no 29 de abril do ano passado, diagnosticada com a doença. Ela precisou ser encaminhada para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no 11 de maio e, no dia 20, precisou ser entubada com ventilação mecânica. 

"Em 31 de maio, fomos aconselhados a nos preparar para o pior. O fígado e os rins de Valerie estavam falhando e ela precisava de diálise. Eles me disseram que se ela sobrevivesse, ela precisaria disso para o resto de sua vida. Eles também insinuaram que ela pode ter danos cerebrais", contou o marido ao programa. Valerie faleceu no 6 de junho do ano passado, no mesmo dia quando John foi demitido do emprego. A enfermeira deixou duas filhas, de 28 e 30 anos.

Nenhum comentário