Auxílio de R$ 300 deixa de ser pago para quase 3 milhões de beneficiários do Bolsa Família - Reconvale Noticias

Notícias de Última Hora

Auxílio de R$ 300 deixa de ser pago para quase 3 milhões de beneficiários do Bolsa Família

                                        

Nesta quinta-feira (17), o governo deu início ao pagamento das parcelas extras do auxílio emergencial residual, que são as quatro parcelas de R$ 300 restantes para os beneficiários do Bolsa Família.

O total pago é de R$ 4,3 bilhões para 16,3 milhões de brasileiros. O número total equivale a redução de quase 3 milhões de beneficiários nesses novos lotes de pagamento. As cinco parcelas anteriores de R$ 600 foram pagas para 19,2 milhões de pessoas.

A redução no número de beneficiários decorre da queda pela metade do valor da parcela do auxílio emergencial.

Cálculo do valor para beneficiários do Bolsa Família
O valor recebido do Bolsa Família depende da renda e da composição familiar. Para calcular o valor do benefício, o sistema do programa analisa a renda mensal por pessoa e se existem crianças, adolescentes, mulheres grávidas ou nutrizes. Vale salientar que não existe um valor máximo fixado, pois o benefício é pago de acordo com a necessidade da família.

As famílias com renda mensal de até R$ 89 por pessoa recebem o benefício básico de R$ 89. Já as famílias com renda mensal por pessoa de até R$ 89 e entre R$ 89,01 e R$ 178 e que tenham, na composição familiar, crianças/adolescentes de 0 a 15 anos, gestantes ou nutrizes podem receber até 5 benefícios variáveis de R$ 41.

Calendário da 6ª parcela
Nesta quinta-feira, 17 de setembro, o Governo Federal vai liberou o pagamento do auxílio emergencial, já com o valor de R$300, para os beneficiários do Bolsa Família. Quem for mãe chefe de família, o pagamento será dobrado, com valor de R$600.

Oportunidade: Mais de 600 CURSOS GRATUITOS com opção de Certificado

As famílias beneficiárias do programa Bolsa Família não têm alteração nas datas de pagamento de seus benefícios. Dessa forma, quem se encaixa nas regras do auxílio emergencial e recebeu a primeira parcela logo em abril terá direito ao saque da sexta parcela entre 17 e 30 de setembro, conforme calendário abaixo.

O cronograma de pagamento segue o Número de Identificação Social (NIS) final do beneficiário.

17 de setembro: NIS terminado em 1
18 de setembro: NIS terminado em 2
21 de setembro: NIS terminado em 3
22 de setembro: NIS terminado em 4
23 de setembro: NIS terminado em 5
24 de setembro: NIS terminado em 6
25 de setembro: NIS terminado em 7
28 de setembro: NIS terminado em 8
29 de setembro: NIS terminado em 9
30 de setembro: NIS terminado em 0

Nenhum comentário