Notícias de Última Hora

Laranja e feijoada – descubra os benefícios desta dupla


Feijoada já é tradição nas casas dos brasileiros e nada melhor que saborear essa iguaria tão brasileira com os amigos ou a família no boteco, no restaurante ou em casa mesmo, quando aquele amigo/parente expert no fogão decide reunir a família!

E nos acompanhamentos, não pode faltar couve, farofinha, vinagrete e laranja. Mas como é que a laranja foi parar ali, hein?

Essa combinação improvável tem dois ótimos benefícios. O primeiro acontecece porque a laranja, por ser rica em fibras e pectina, ajuda a reduzir a absorção da gordura das carnes, facilitando a digestão e diminuindo o desconforto que sentimos depois de comer – e repetir! – a feijoada.

O segundo e mais importante é a função da vitamina C, ou ácido ascórbico, na absorção do ferro presente no feijão. O feijão é conhecido pelo seu alto teor de ferro. No entanto, um detalhe não pode escapar: o ferro presente em vegetais é o chamado não-heme. Ele se encontra no estado férrico, e não é absorvido pelo corpo, a não ser que provoquemos uma reação para quebrar a molécula para o estado ferroso – uma das maneiras de conseguir isso é aumentar a acidez e utilizar agentes antioxidantes, como a vitamina C presente na laranja.
E não serve só para nesta combinação não. Consumir laranja, acerola, abacaxi ou limão (seja em suco, ou a própria fruta) nas refeições, é outra forma de garantir a absorção do ferro presente nos mais diversos vegetais, como a própria couve que acompanha a feijoada, outras folhas verde-escuras, leguminosas, grãos integrais ou enriquecidos, nozes e castanhas em geral. (Nunes)

Nenhum comentário