Sem doença preexistente, jornalista de 28 anos que morreu com coronavírus ficou 45 dias internada

Uma jornalista de 28 anos morreu com Covid-19, nesta sexta-feira (20), em Jundiaí (SP), após ficar internada em um hospital particular. A cidade contabiliza 2.830 casos e 146 mortes.
Através das redes sociais, a Universidade do Futebol, que é uma instituição que estuda e pesquisa mudanças nas diferentes áreas e setores relacionados ao futebol, comunicou a morte de Letícia Neworal Fava por coronavírus. Ela trabalhava para a universidade desde 2016.
"Era uma jovem guerreira, sempre zelosa de suas responsabilidades e marcante personalidade. Deixa uma lacuna no seio da nossa comunidade do futebol", afirmou a Universidade em nota. O corpo foi enterrado no cemitério Nossa Senhora do Desterro. Com informações do G1.

Postar um comentário

0 Comentários