Notícias de Última Hora

Por considerar números “fantasiosos”, Ministério vai recontar mortes por Covid-19 no Brasil


O mais novo secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Carlos Wizard, afirmou que o Ministério da Saúde deve fazer uma recontagem do número de mortes por coronavírus no Brasil. Em entrevista à coluna de Bela Megale, do jornal O Globo, ele disse que os dados atuais são, na opinião dele, “fantasiosos ou manipulados”.
“Tinha muita gente morrendo por outras causas e os gestores públicos, puramente por interesse de ter um orçamento maior nos seus municípios, nos seus estados, colocavam todo mundo como covid. Estamos revendo esses óbitos. (…) Eu acredito que vai ter um dado mais real, porque o número que temos hoje está fantasioso ou manipulado”, disse.

Apesar da opinião de Wizard, pesquisas apontam que existe na verdade uma grande subnotificação, fato que foi admitido em outras gestões do Ministério da Saúde durante a pandemia da Covid-19. Todos os dados divulgados pelo governo federal são colhidos juntos às secretarias estaduais de Saúde.

Em uma nota divulgada neste sábado (06), o Ministério indicou que a pasta deve começar a divulgar apenas os números de mortes e de infecção pela doença nas últimas 24 horas, excluindo desta forma mortes ocorridas em outras datas, mas com a confirmação realizada em outro dia. Na sexta (05), a mudança já havia ocorrido e o governo não divulgou o número total de mortos e contaminados pela doença. O site com as informações também foi retirado do ar, com a justificativa que estava “em manutenção”.

Nenhum comentário