Contra o Pró-Brasil, equipe de Guedes ameaça com debandada geral - Reconvale Noticias

Notícias de Última Hora

Contra o Pró-Brasil, equipe de Guedes ameaça com debandada geral

Depois da queda de Sergio Moro, a próxima semana pode ser marcada pela demissão de Paulo Guedes e de toda sua equipe, que se opõe à volta dos investimentos públicos
O ministro da da Casa Civil, Braga Netto, o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, participam de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto 


(Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)
A saída do ex-ministro Sergio Moro levantou dúvidas sobre a força do ministro da Economia, Paulo Guedes. Em sua equipe econômica, a dúvida é se o ministro continua tendo o “apoio incondicional” do presidente da República. 
Segundo a jornalista Miriam Leitão, do Globo, um sinal da mudança de perspectiva dentro do governo seria uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) mudando o teto de gastos para excluir os investimentos da contabilidade. Essa ideia tem sido defendida em outros ministérios, os mesmos que formularam o Pró-Brasil, um programa de retomada de obras pública.
"Se fizer isso, o governo deixa claro a sua mudança de orientação. Se isso acontecer, todo mundo sai", disse à jornalista um alto integrante da equipe econômica.
"O que se avalia no Ministério da Economia que até agora o que há é apenas 'desejo de setores do governo e de parte do centrão' de fazer essa ampliação de gastos, depois que passar a crise do coronavírus sob o argumento de que para retomar o crescimento será preciso aumentar o investimento público para induzir o investimento privado", diz a jornalista.

Nenhum comentário