Ultimas Postagens

Rui pede cautela a respeito do coronavírus: “não faz sentido suspender as coisas”



Ogovernador Rui Costa disse na manhã deste sábado (14), que por conta do novo coronavírus (Covid-19) não é recomendado a realização de eventos com grande aglomeração de pessoas, mas pediu cautela das pessoas para não gerar pânico. Rui participa do lançamento do Programa de Governo Participativo (PGP) do PT, onde a Major Denice deve ser anunciada como pré-candidata à Prefeitura de Salvador. 

"Eu acho que esse tema você nem pode deixar de tomar as medidas necessárias na hora correta, nem pode provocar pânico sem sentido na população. Eventos como festa de micareta, de carnaval ou festas que tenham contato muito próximo, com compartilhamento de copo, de garrafas, esse evento não é recomendado nesse momento, agora também não faz sentido suspender as coisas ou o funcionamento porque nós não temos ainda na Bahia, ou não tivemos a circulação como eles chamam comunitária do vírus", disse. 

Rui ressalta que todos os casos que foram confirmados até o momento são de pessoas que vieram do exterior com o vírus. "Sem transmissão local não justifica ainda medidas mais drásticas de suspensão de aulas ou de trabalho ou coisa parecida, nós estamos monitorando todos os dias, estamos reforçando equipes, preparando já a ampliação de espaços de UTI se for necessário, as providências preventivas nós estamos tomando, cada medida será anunciada no tempo certo e eu acho também que a gente não pode se precipitar por que nesse momento o que se requer das autoridades é serenidade e acerto nas decisões".

Questionado pelo BNews sobre a entrada de turistas pelos portos e aeroportos do Estado, o governador disse que a responsabilidade de fiscalizar é da Anvisa. "Até já pedimos para verificar se ela quer ou autoriza que o estado faça isso, até eventualmente medir a temperatura com aparelho dos passageiros".

Ainda durante a entrevista, Rui adiantou que na próxima segunda-feira (16) vai fazer uma série de reuniões com a UPB, reitores de universidades públicas e privadas, e com sindicatos de empresas de ônibus municipais, metropolitanos e intermunicipais para traçar estratégias a respeito do vírus.
blogger/disqus/facebook

Nenhum comentário