Notícias de Última Hora

Coronavírus :Rodoviárias fechadas, lanchas e ferry-boat parados: entenda a suspensão do transporte


A partir desta sexta-feira (20), estão proibidas todas as viagens de transporte coletivo intermunicipal em pelo menos oito cidades da Bahia. A medida, que vale para tanto para transportes públicos e privados quanto rodoviário e hidroviário, é uma das ações adotadas pelo governo do estado para conter a disseminação do coronavírus. 

De acordo com o decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), a suspensão de viagens por dez dias afeta os municípios que tiveram casos confirmados de coronavírus, além de cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS). São elas: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz e Itaparica. 
Entenda como cada transporte será afetado
Rodoviário: 
Os terminais rodoviários de das seguintes cidades serão fechados nesta sexta-feira, ficando abertos apenas até esta quinta-feira (19):
Salvador 
Feira de Santana 
Porto Seguro 
Prado 
Bom Despacho (Itaparica)
O último ônibus a circular nessas cidades sai da Rodoviária de Salvador na madrugada desta quinta para sexta-feira, à meia-noite. Às 9h de sexta, deve chegar o último coletivo esperado no terminal soteropolitano. Após essa chegada, a estação será fechada.
Além disso, os ônibus interestaduais ficam proibidos de circular em todo o território da Bahia. 
A única exceção para o transporte intermunicipal entre as oito cidades é para o deslocamento de trabalhadores que morem nesses municípios e estejam sendo levados para exercício de atividade profissional. 
Hidroviário 
Pelo decreto, o transporte através do sistema ferry-boat e das lanchas também estará suspenso. 
As últimas lanchas entre Salvador e Mar Grande saem na noite desta quinta-feira. De acordo com a Associação dos Transportes Marítimos da Bahia (Astramab), a última de Mar Grande será às 18h30 e a última de Salvador sairá às 20h. 
Cada viagem dura, em média, 35 a 40 minutos. Pela proibição, as lanchas que começariam a sair 5h de sexta-feira de Mar Grande já não devem operar. 
A Agerba foi procurada pelo CORREIO, mas ainda não informou quais serão os últimos horários do sistema ferry-boat. A Internacional Travessias, concessionária que administra o sistema, informou que só poderá comentar o caso após o posicionamento da Agerba. Fonte: Correio24horas.

Nenhum comentário