Header Ads

Breaking News

Trabalhou em 2018? Saiba como receber até R$ 1.045 do abono salarial

Recursos são provenientes do ano-base de 2018, pagos pela Caixa e estão disponíveis para quem trabalhou de carteira assinada.

Trabalhou em 2018? Saiba como receber até R$ 1.045 do abono salarial

O pagamento do 8º lote do abono salarial PIS/Pasep começou a ser pago na última quinta-feira, dia 13 de fevereiro. Os recursos são provenientes do ano-base de 2018, são pagos pela Caixa Econômica Federal (CEF) e estão disponíveis para quem trabalhou de carteira assinada no referido ano.
O PIS é pago ao trabalhadores na iniciativa privada e, como segue um calendário de pagamentos, completa agora os nascidos em março e abril. Quanto ao Pasep, este é pago ao servidor público e segue um cronograma de acordo com o último dígito de inscrição. Os contemplados da vez são aqueles com inscrições finalizadas com os números 6 e 7.
Não a fazer a retira dos valores imediatamente. Os recursos ficarão disponíveis para saque até o dia 30 de junho de 2020. No caso do abono do PIS, quem possui conta individual na Caixa recebem os valores automaticamente. O mesmo vale para servidores públicos que possuem conta no Banco do Brasil (BB).
Quem perder o prazo perde também o benefício, que retorno para Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Em tais casos, será necessário recorrer à Justiça para conseguir os valores.
Confira também: INSS: Portaria confirma piso de R$ 1.045 e aumento de todos os benefícios
Quem tem direito a sacar o abono?
O direito ao saque do PIS/Pasep é garantido a quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018. O trabalhador também deve ter recebido, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês.
Também é necessário estar inscrito no Sistema PIS/Pasep há pelo menos cinco anos. Além disso, a empresa onde atuou em 2018 deve ter informado os dados corretamente ao governo.
Como consultar os valores do PIS/Pasep?
O valor pago é de até um salário mínimo, o equivalente a R$ 1.045 em fevereiro de 2020, e varia de acordo com o tempo trabalhado. Caso a pessoa tenha trabalhado o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do mínimo.
Segundo o Ministério da Economia, os valores são arredondados para cima. Por exemplo, quem trabalhou por um mês teria direito a R$ 87,08 de abono. Com o arredondamento, irá receber R$ 88.
A consulta dos valores disponíveis podem ser feitas da seguinte forma:
PIS – trabalhador de empresa privada
No Aplicativo Caixa Trabalhador;
No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”;
Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.
Pasep – servidor público
4004-0001 – capitais e regiões metropolitanas;
0800 729 0001 – demais cidades;
0800 729 0088 – deficientes auditivos.
Onde sacar o PIS/Pasep?
Funcionários de empresas privadas recebem o PIS. Em tais casos, os saques podem ser feitos em caixas eletrônicos ou em casa lotéricas. Para isso, basta apresentar o Cartão Cidadão e senha. Quem mão possui o Cartão Cidadão pode realizar os saques diretamente em um agência da Caixa, com a utilização de um documento de identificação.
Na ida ao banco, o trabalhador pode solicitar o Cartão Cidadão. Correntistas do banco recebem os valores automaticamente, em conta individual.
No caso dos servidores públicos, o saque é feito nas agências do Banco do Brasil, com documento de identificação. Quem possui conta no banco recebe os valores automaticamente.
Confira também: Nova reforma tributária pode acabar com o benefício PIS/Pasep. Entenda
                               Fonte : Editalconcursosbrasil.com.br

Nenhum comentário