ULTIMAS NOTICIAS

8 Benefícios do Mastruz – Para Que Serve? Emagrece?


Você conhece os benefícios do mastruz, uma erva medicinal usada tradicionalmente por nativos da América Central e de algumas regiões do México?

Além de ser usada na culinária, os nutrientes da erva podem ser apreciados na forma de um chá ou aproveitados para produzir óleos essenciais e pomadas que servem para aliviar muitos problemas de saúde.
Mastruz – O que é?

O mastruz é uma erva bastante usada no centro e no sul do México e da Guatemala e em outros países da América Central. Por ser resistente e sobreviver em vários tipos de climas, a planta também pode ser encontrada em vários países da América do Norte, América do Sul, Ásia e Europa.

Trata-se de uma planta medicinal rica em nutrientes, e por isso há tantos benefícios do mastruz para a saúde.

Conhecida cientificamente por Chenopodium ambrosioides ou como Dysphania ambrosioides, essa planta pertence à família Amaranthaceae – a mesma do amaranto, quinoa, espinafre e beterraba.
A planta cresce até 4 metros de altura e apresenta pequenas folhas verde-escuras que produzem sementes e que contêm uma grande quantidade de fibras e outros nutrientes.
Alguns dos nutrientes presentes nas folhas do mastruz são:
Folato: o folato ou ácido fólico está presente no mastruz. Tal nutriente é importante para a produção de glóbulos vermelhos e também para o DNA.
Vitaminas do complexo B: além do folato, vitaminas como a vitamina B2 (riboflavina) e a vitamina B6 (piridoxina) estão presentes no mastruz e são muito importantes no metabolismo de enzimas além de aumentar os níveis de energia do corpo.
Monoterpenos: os monoterpenos – como por exemplo o ascaridol, o p-cimeno, o limoneno e o terpineno – são compostos eficazes contra parasitas como vermes intestinais.
Vitamina A e betacaroteno: a vitamina A e compostos antioxidantes flavonoides como o betacaroteno são importantes contra a ação de radicais livres que podem danificar as células do organismo e causar várias doenças.
Minerais: o mastruz apresenta vários minerais essenciais para a saúde como o cálcio, o magnésio, o potássio, o cobre, o ferro, o manganês, o fósforo, o sódio, o selênio e o zinco em sua composição.

Além das fibras e dos nutrientes mencionados acima, o mastruz também contém vitamina C e algumas poucas proteínas.
As folhas do mastruz podem ser utilizadas em vários pratos da culinária, principalmente em sopas, por apresentar um sabor cítrico que lembra a hortelã e que também se assemelha um pouco a ervas como o anis e o orégano. Mas o jeito mais comum de consumir o mastruz no Brasil é por meio do chá da erva.

A presença de muitos nutrientes permite que o mastruz seja usado para diversos fins, incluindo para o fortalecimento do sistema imunológico, para diminuir a flatulência, para tratar condições respiratórias e até para ajudar a emagrecer.

Abaixo, veremos com mais detalhes todos os benefícios do mastruz para a nossa saúde.

Benefícios do mastruz

1. Emagrece

Uma porção de 100 gramas de mastruz apresenta apenas 32 calorias. Além de o teor calórico ser muito baixo, a planta vem repleta de nutrientes e outras substâncias com propriedades medicinais que são muito bem aproveitadas pelo organismo. As fibras podem ajudar a manter a saciedade por um tempo mais longo, evitando o consumo de calorias extras.

A baixa quantidade de calorias aliada ao alto teor de fibras pode ser de grande ajuda para aqueles que estão tentando perder peso.

Porém, isso não é suficiente para uma pessoa emagrecer. É importante que a dieta e a prática de atividades físicas também estejam alinhadas com o plano de emagrecimento.


2. Benéfico para a saúde gastrointestinal

A grande quantidade de fibras dietéticas no mastruz ajuda a melhorar o processo digestivo. O uso tradicional da planta já era feito para diminuir a flatulência e aliviar a indigestão devido à presença de compostos carminativos que atuam como agentes antigases.

De acordo com um estudo de 2005 publicado no periódico científico Journal of Ethnopharmacology, além de facilitar a digestão, problemas gastrointestinais como a constipação, as cólicas e o inchaço abdominal podem ser reduzidos através do consumo da erva.

O mastruz também parece ser útil para tratar o refluxo ácido e a gastrite, além de poder ajudar a desintoxicar e fortalecer o fígado.

3. Melhora a imunidade

Um estudo publicado em 2002 na revista Life Sciences mostra que compostos antioxidantes como a vitamina A e o betacaroteno trazem benefícios do mastruz para o sistema imunológico.

Os efeitos antioxidantes dessa erva protegem a pele do envelhecimento precoce e protegem também o corpo contra o estresse oxidativo que pode resultar no desenvolvimento de várias doenças crônicas incluindo o câncer e doenças cardíacas.

4. Atua como antiparasitário

Há muito tempo o mastruz já vem sendo usado pelos nativo-americanos para tratar vários tipos de vermes intestinais.

Os ancilostomídeos e as lombrigas, por exemplo, podem ser neutralizados pelos princípios ativos presentes no mastruz como os monoterpenos e a erva era uma ótima solução no tempo em que ainda não existia água e nem esgoto tratados.

5. Melhora o metabolismo

A presença de vitaminas do complexo B no mastruz é capaz de aumentar a eficiência do metabolismo. Isso acontece porque vitaminas do complexo B participam de reações metabólicas importantes para o funcionamento adequado do organismo.

Além de promover a conversão dos nutrientes dos alimentos em energia, essas vitaminas melhoram a saúde dos olhos, a saúde da pele, o sistema nervoso, o sistema imune e a função cerebral.

Uma porção de mastruz, por exemplo, pode fornecer mais de 50% da quantidade diária recomendada de ácido fólico, que é um nutriente indispensável para o crescimento, para o desenvolvimento mental e para a prevenção e o tratamento da anemia.

6. Regula a pressão arterial e melhora a saúde do coração

Conforme dados publicados em 2007 no Journal of Rapid Methods and Automation in Microbiology, o potássio é um mineral bastante negligenciado por nós, apesar de ser extremamente importante para a saúde.

O potássio – em quantidades adequadas no organismo – funciona como um vasodilatador que relaxa os vasos sanguíneos e diminui a pressão arterial. Além disso, o controle da pressão reduz o risco de doenças cardíacas como a aterosclerose, o derrame e o ataque cardíaco.

7. Melhora a saúde dos ossos

Uma pesquisa bem antiga de 1945 do Journal of Nutrition já mostrava que a grande variedade de minerais presentes no mastruz permite que a planta seja muito útil para a proteção óssea conforme os anos vão passando.

Quantidades significativas de minerais como o fósforo, o cobre, o manganês, o zinco e o cálcio contribuem para aumentar a densidade mineral óssea e evitar o desenvolvimento de doenças como a osteoporose.

8. Trata problema respiratórios

Alguns relatos sugerem que as folhas de mastruz ajudam no tratamento de doenças respiratórias, podendo ser útil no controle de ataques de asma e no alívio da congestão pulmonar e da bronquite.

Uma xícara de chá de mastruz pode ajudar a eliminar o muco acumulado e, consequentemente, aliviar outros sintomas como a tosse e outros sintomas de resfriados e gripes.
Outros benefícios

Possíveis benefícios do mastruz adicionais ainda não comprovados cientificamente incluem o estímulo à menstruação, o uso como agente cicatrizante e adstringente, o efeito diurético e o potencial de atuar como um antidiabético.
Modo de Usar

– Tempero culinário

As folhas frescas ou secas do mastruz são usadas em pratos culinários do México e da Guatemala em sopas, enchiladas, batatas e quesadillas, por exemplo. Muitas vezes, ela é comparada ao coentro por causa do sabor e cheiro forte característico.

Independentemente do prato, se o mesmo for quente, o mastruz deve ser adicionado apenas no final do preparo porque a planta não suporta o calor por muito tempo e acaba perdendo suas propriedades nutricionais. Outra dica é que as folhas frescas mais jovens apresentam um aroma e sabor mais suave enquanto que as folhas mais velhas têm um sabor mais forte e isso deve ser levado em conta na hora de cozinhar com a erva.

– Chá de mastruz

O jeito mais fácil de consumir o mastruz é por meio do chá. A bebida pode ser preparada usando 4 hastes grandes de folhas de mastruz para cada litro de água fervente.

Com a água já fervendo, adicione as folhas de mastruz previamente lavadas e deixe a mistura ferver durante 2 minutos. Depois desse tempo, desligue o fogo e deixe a bebida em infusão por 3 minutos antes de coar.

– Outros usos

O mastruz também pode ser encontrado como um óleo essencial ou na forma de cremes e pomadas.
Efeitos adversos e cuidados

Se usado em quantidades exageradas, o mastruz pode causar problemas gastrointestinais como a gastroenterite e outros efeitos como:
Dor de cabeça;
Tontura;
Irritação na boca ou na garganta;
Vertigem;
Irritação na pele.

Mulheres grávidas ou lactantes são orientadas a evitar o consumo de qualquer erva devido a propriedades que podem induzir o aborto ou prejudicar a saúde do feto.

Ainda assim, seria necessário ingerir uma quantidade muito grande da erva para observar algum efeito adverso grave. Assim, desde que usado com moderação, o mastruz pode contribuir positivamente para nos deixar mais saudáveis.
                                    Fonte : www.mundoboaforma.com.br

Nenhum comentário