ULTIMAS NOTICIAS

Caetité-BA: 15 dias de angústia e falta de informação, caminhoneiro Caetiteense continua desaparecido.

A exatos 15 dias, o caminhoneiro caetiteense Antônio Roberto Aguiar, que estava em viagem, deixava de fazer comunicação com sua família que reside na cidade de Caetité. Desde então a angústia e a falta de informação, tomam conta da família do homem de 64 anos de idade. 
Nenquinha, como é conhecido, sofreu um assalto, na BR-101, na cidade de Feira de Santana no dia (19/06) e desde então desapareceu. A carreta carregada com grãos, que ele dirigia, foi recuperada no outro dia após o assalto, na BR-110, no município de Jeremoaba, norte do estado da Bahia.
Apesar de todos os esforços dos familiares, da divulgação do acontecido em grandes emissoras de TV do Brasil e em dezenas de sites da região, o paradeiro de Antônio ainda é um mistério.
A Polícia Civil investiga o caso, é até o momento não divulgou maiores informações. Uma recompensa de R$: 10 mil reais está sendo oferecida a quem apontar onde o caminhoneiro possa estar. 
Até mesmo um apelo aos bandidos já foi feito nas redes sociais. O áudio circulou no aplicativo Whatsapp, mas sem resultado. Qualquer informação pode ser repassada a polícia pelo Disk 190, ou 197, ou pelo celular dos familiares (77) 99918-4902. // Rada030

Nenhum comentário