Ultimas Noticias

LULA DEIXA CEMITÉRIO APÓS VELÓRIO DO NETO


O ex-presidente Lula deixou o Cemitério da Colina, em São Bernardo do Campo, por volta das 13h, após participar do velório do neto Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, que morreu nesta sexta-feira 1 vítima de meningite meningocócica; Lula chegou no local por volta de 11h, cercado por um aparato policial gigantesco, que incluía homens de fuzil; a militância gritava "Lula Livre" a todo momento
 O ex-presidente Lula deixou o Cemitério da Colina, em São Bernardo do Campo, por volta das 13h deste sábado 2, após participar do velório do neto Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, que morreu nesta sexta-feira 1 vítima de meningite meningocócica. Lula chegou no local por volta de 11h, cercado por um aparato policial gigantesco, que incluía homens de fuzil.
A militância, que prestava solidariedade a Lula no local, gritava "Lula Livre" a todo momento. Confira aqui vídeos da chegada.
A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, autorizou Lula a ficar apenas 1h30 no velório. Por conta da determinação, Lula precisou esperar algumas horas antes de se dirigir ao cemitério.
O ex-presidente deixou a sede da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde 7 de abril, por volta de 7h em um helicóptero. Foi levado ao aeroporto do Bacacheri, onde embarcou em um avião do governo do Paraná para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde chegou cerca de 8h30.
O velório começou às 22 horas desta sexta e a cremação ocorreu às 12 horas deste sábado. O cemitério é o mesmo onde foi cremada a ex-primeira-dama Marisa Letícia, que faleceu em fevereiro de 2017.

Para a advogada Tainã Góis, da Rede Feminista de Juristas, não existe previsão legal para que o ex-presidente ficasse apenas uma hora e meia no velório, o que fez com que Lula tivesse que ficar "preso no aeroporto". "Nosso Judiciário perdeu a noção dos direitos humanos há algum tempo", criticou.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário